Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que é Forex e avalie se vale investir nesse mercado

A- A+

Buscar alternativas de investir seu dinheiro, especialmente em momentos de crise, pode ser a saída para manter ou ampliar seu patrimônio. Apostar na alta do dólar, por exemplo, é tendência no cenário econômico atual. Nesse sentido, o Foreign Exchange Market é uma opção. Você sabe o que é Forex e como ele funciona?

O que é Forex?

Também conhecido como FX, o Forex é um mercado no qual são negociadas todas as moedas do mundo, ou seja, funciona com uma grande casa de câmbio. Nesse fundo, conforme explica o fundador do General Investidor, Bruno Papi, você compra uma moeda, apostando na sua alta e vende outra ao mesmo tempo.

“Essa operação de compra e venda não é física. O investidor apenas opera contratos que são vinculados a essas moedas que estão sendo negociadas e fica com a diferença do valor da operação – que pode ser um lucro ou prejuízo”, completa.

O mercado Forex funciona 24 horas por dias e permite que você ganhe tanto com a valorização quanto com a desvalorização de uma moeda. Os principais investidores da modalidade são os bancos centrais, bancos comerciais, instituições financeiras, empresas e investidores privados.

Aprenda o que é forex

Especialistas alertam que investir no Forex representa alto risco de perder dinheiro. Foto: iStock, Getty Images

Como investir no mercado Forex

No entanto, apesar de possuir grande liquidez, esse investimento – assim como qualquer outro – exige cuidados e quem não possui muita experiência no ramo precisa ter ainda mais atenção.

Não basta saber o que é Forex. Para começar a operar nesse mercado, é preciso, primeiramente, procurar um agente autorizado pelo Banco Central e registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Será ele o intermediário e executor de suas ordens de compra e venda dos contratos de moedas.

Segundo Papi, mesmo com a ajuda de um especialista, o risco de perder dinheiro é muito grande, principalmente, por se tratar de um investimento especulativo. “A aposta de queda e alta das moedas é muito perigosa, pois pode ocorrer a queda ou alta das duas moedas em simultâneo e o investidor perder bastante dinheiro”, explica.

Além disso, quem pensa em aplicar nesse mercado precisa ter um conhecimento apurado a respeito das moedas que vai negociar, da situação econômica do país emissor e as implicações do câmbio flutuante, que varia a todo momento.

Ainda assim, essa operação não possui nenhuma garantia de ganhos. Por isso, de acordo com o especialista, você precisa saber limitar suas perdas e quando embolsar o lucro para sair da operação. A utilização da plataforma home broker pode ser a melhor saída para aliar praticidade e segurança.

Você vai se interessar por:

Investir em moedas estrangeiras exige perfil agressivo

Conheça alternativas para investir em dólar com boa rentabilidade

Investir em ouro requer análise do cenário econômico global

Forex é legal?

É permitido operar Forex no Brasil, desde que através de instituição autorizada pelo Banco Central e registrada na CVM ou por intermédio de autônomo também regularmente registrado.

Segundo a comissão, não há corretora brasileira proibida de ofertar contratos de derivativos negociados no Forex. Mas o órgão aconselha que, antes de decidir pela aplicação nesse mercado, o investidor verifique se o ofertante está registrado. Fora dessa hipótese, a oferta é irregular, segundo a CVM.

A comissão destaca ainda a possibilidade individual de cada investidor realizar, por iniciativa própria, aplicações no exterior, o que deve observar a legislação aplicável, em especial as regras que regulam o mercado de câmbio e a obrigação de declarar bens e valores possuídos no exterior, incluindo investimentos.

 

Agora que já sabe o que é Forex, como avalia o investimento? Comente!

queda do dólar
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet