Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Entenda o que é empreendedorismo social e conheça algumas iniciativas

A- A+

O lucro é importante para um negócio, mas, para algumas vertentes, talvez não seja o principal. Essa premissa ajuda a entender o que é empreendedorismo social. Uma forma de ganhar a vida em que busca-se conseguir resultados positivos dentro de uma sociedade, estabelecendo medidas e estratégias que gerem um retorno comunitário e ambiental positivo.

O que é empreendedorismo social

De uns tempos para cá, a população tem se dado conta que é preciso agir para que o meio ambiente e algumas parcelas da população não sejam, por exemplo, prejudicadas pelo progresso desenfreado e, às vezes, incalculado da tecnologia. É justamente nesse sentido que surgiu o empreendedorismo social.

Ele nada mais é que um conjunto de ações empreendedoras que lançam mão de medidas que podem ser ao mesmo tempo lucrativas e sociais. Um exemplo do segmento que deu muito certo no país é a Ashoka. Uma organização mundial que no ano que vem vai completar 30 anos de atuação no Brasil.

Criada em 1980 na Índia, por Bill Drayton, a rede investe em pessoas com ideias novas que podem fazer deste um mundo melhor. No Brasil, são mais de 370 empreendedores sociais que fazem parte da iniciativa.

o que é empreendedorismo social

Iniciativas de empreendedorismo social buscam ajudar, de alguma maneira, a sociedade como um todo. Foto: iStock, Getty Images

Quatro inciativas de empreendedorismo social

Mas a Ashoka não é a única rede que investe nesse segmento de mercado. Confira outras quatro iniciativas de empreendedorismo social com atuação no país.

  • CDI Lan

Articula redes de lan houses comunitárias e agrega serviços de educação, inclusão financeira, entretenimento saudável, cultura e empreendedorismo. Possui 6,5 millan houses espalhadas em 13 estados, transformando esses espaços em centros de convivência nas comunidades.

  • Solidarium

Liga pequenos produtores artesanais e grandes redes varejistas e comercialização online para venda direta ao consumidor. Gera renda para cerca de 1.450 cooperativas, que empregam mais de 6,5 mil artesãos em todo o Brasil. Sua sede fica em Curitiba.

  • Banco Palmas

Banco comunitário de Fortaleza que oferece microcrédito, capacitação para pequenos empreendedores e canais de comercialização de seus produtos. Até 2011, concedeu 4.714 empréstimos de microcrédito produtivo. Mais de 18 mil famílias foram beneficiadas diretamente pelo empréstimo ou por meio de cursos.

  • Banco Pérola

Fornece micro financiamento para jovens empreendedores das classes C, D e E. Em 2011, passou a apoiar 130 negócios, com uma taxa de inadimplência de apenas 2% e tornou-se correspondente de microcrédito da Caixa Econômica Federal. Atua em Sorocaba, interior de São Paulo.

Você vai se interessar por:

Economize sempre

Se você gosta de poupar cada centavo que ganha, pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Entendeu o que é empreendedorismo social? Comente.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Unrecognizable buying organic rice in store, blank label
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria