Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que é cheque especial e quando ele pode ser útil

A- A+

Com certeza você já ouviu falar sobre ou mesmo fez uso dele, mas você realmente sabe o que é cheque especial? Esse tipo de cheque funciona menos como uma folha convencional que pode ser utilizada como forma de pagamento e mais como uma espécie de crédito pré-aprovado oferecido aos clientes pelas instituições bancárias.

O que é cheque especial: contrato de crédito

E como o cheque especial funciona? Ele é, basicamente, um contrato existente entre um banco e um cliente. Nesse tipo de contrato, o banco disponibiliza um crédito de determinado valor vinculado à conta corrente do cliente. O cliente pode vir a usar ou não esse crédito. Caso ele use, o cliente o devolve acrescido de juros e outros encargos.

O cliente tem acesso ao valor disponível do cheque especial por meio de um saque, transferência ou emissão de um cheque. Caso o correntista emita um cheque e não tenha saldo suficiente na conta, ele entra no limite do cheque do especial. Isso implica dizer que o banco está emprestando o dinheiro já vinculado à conta corrente para cobrir o cheque, cobrando juros posteriormente.

seudinheiro-O-que-e-cheque-especial

Qualquer pessoa com uma conta corrente pode ter acesso a esse tipo de crédito. Foto: iStock, by Getty Images

Os juros e encargos incidem sobre o valor utilizado e a quantidade de dias que o cheque especial fica “descoberto”. Eles variam de acordo com os bancos. Segundo a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anec), eles estão juntos com os cobrados pelo crédito rotativo do cartão como os mais altos do mercado.

O Banco Central traz um levantamento periódico com as melhores taxas de cheque especial em uma lista de instituições bancárias. As taxas podem variar entre 13% até mais de 400% ao ano.

O que é cheque especial: conheça seu limite

O cheque especial funciona como um crédito pré-aprovado ideal para cobrir pequenos imprevistos financeiros. Como os juros cobrados pelo produto são altos, o cliente não deve usá-lo como complemento salarial ou fonte de renda. Seu uso só é indicado em casos emergências, e o limite deve ser coberto o quanto antes, diminuindo os juros cobrados.

Qualquer pessoa com uma conta corrente pode ter acesso a esse tipo de crédito. O serviço pode ser cancelado pelo cliente ou banco a qualquer momento. O limite do cheque especial de cada correntista varia de acordo com uma série de fatores: renda mensal, relacionamento com o banco etc.

Para saber o qual o limite do cheque especial, basta o correntista checar o extrato bancário. Caso ele tenha acesso ao produto, o banco informa separadamente o valor do limite disponível. O cliente deve ficar atento, no entanto, para não confundir esse valor com o saldo disponível na conta.

A cobrança dos juros referentes ao cheque especial costumam ser debitadas diretamente na conta corrente do cliente já no primeiro dia útil do mês subseqüente ao seu uso. Em caso de inadimplência ou conta estourada, quando o cliente ultrapassa o limite disponível do produto, além dos juros é cobrada multa mora de até 2% do valor devido.

Tarifas em bônus

Uma forma de economizar em tarifas bancárias é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para o que é cheque especial? Compartilhe!

Empréstimo ou financiamento
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
não consigo pegar empréstimo
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho