Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que é BTU para acertar ao comprar ar-condicionado

A- A+

Na hora de comprar um ar-condicionado, é comum que surjam dúvidas variadas: qual a melhor marca e modelo e como definir a potência ideal do aparelho são algumas das principais. Se você sabe o que é BTU, tem condições de responder à segunda delas. Afinal, seu cálculo é decisivo na escolha do eletrodoméstico.

Entender o que é BTU e outras especificações do ar-condicionado é fundamental para que o modelo comprado seja o mais adequado para as suas necessidades.

Os cuidados na hora da compra, uso e manutenção do aparelho são essenciais para alcançar comodidade, segurança e também economia na aquisição.

Saber o que é BTU ajuda com ar-condicionado

Potência do ar-condicionado deve ser adequada ao tamanho do ambiente. Foto: iStock, Getty Images

O que é BTU: faça o cálculo

Afinal, o que é BTU? O termo significa British Thermal Unit ou Unidade Térmica Britânica, medida que determina a potência de refrigeração do ar-condicionado. Ou seja, representa a quantidade de troca de calor realizada pelo aparelho no intervalo de uma hora. Quanto maior o número de BTUs, maior a potência do modelo.

Para escolher o aparelho mais adequado para cada ambiente, é indicado fazer o cálculo de BTUs de acordo com o tamanho do cômodo onde o aparelho será instalado. Com isso é possível evitar gastar dinheiro com um ar-condicionado muito potente para o espaço, ou em um aparelho com desempenho abaixo do necessário.

Além das características de metragem do ambiente, é preciso levar em consideração também as condições climáticas do local e a quantidade de aparelhos eletrônicos que há nele, pois também contribuem para o aumento da temperatura.

Para fazer o cálculo, deve-se considerar entre 600 e 800 BTUs por metro quadrado para que o ambiente seja refrigerado corretamente. Se o local não fica exposto ao sol por muito tempo durante o dia, a base utilizada pode ser 600 BTUs. Já os 800 BTUs devem ser considerados em locais com mais incidência de raios solares.

Depois de medir o cômodo e fazer o cálculo de acordo com os metros quadrados, é indicado ainda somar 600 BTUs a cada usuário adicional do espaço, sendo que o primeiro não conta.

Por exemplo, um local sem incidência de sol, de 9 m², usado por duas pessoas, apresenta o seguinte cálculo: (600 x 9) + 600 = 6.000. Nesse caso, um aparelho de 7.000 BTUs atende perfeitamente a necessidade do espaço. Já se o ambiente recebe raios solares, a conta sobe para 7.800 – ou seja, será preciso comprar um ar-condicionado de 9.000 BTUs.

É importante ainda levar em consideração a quantidade de aparelhos eletrônicos presentes no local, o tipo e a quantidade de lâmpadas (as incandescentes produzem mais calor se comparadas às fluorescentes), se as janelas e cortinas permitem a entrada de muito calor e ainda a região onde mora.

Na presença de cada um desses fatores externos, a dica é acrescentar mais 600 BTUs à conta final, pois é necessário contar com um aparelho mais potente para resfriar ou aquecer e manter a temperatura do ambiente.

Saber o que é BTU ajuda com ar-condicionado

Locais com pouca incidência de sol podem se valer de aparelhos menos potentes. Foto: iStock, Getty Images

110 ou 220? Atenção à voltagem do aparelho

Além de entender o que é BTU e fazer o cálculo de acordo com a metragem do ambiente, outro valor importante do ar-condicionado é a sua voltagem. O Brasil é o único país que possui duas tensões na rede elétrica: 110V e 220V.

Muitas pessoas se perguntam qual voltagem é mais econômica. Como a corrente é mais elevada na rede elétrica de 110V e são necessários fios mais grossos, isso aumenta o custo da construção e manutenção. Portanto, um ar-condicionado de 220V consume menos energia, pois trabalha com corrente elétrica menor e fiação mais fina.

Antes de comprar um aparelho, é preciso observar a voltagem da residência. A maioria dos modelos de condicionador de ar é de 220V, principalmente os do tipo split. Para quem adquire um aparelho de 220V, mas sua casa comporta 110V, é necessário instalar um transformador.

Nesse caso, o primeiro passo é consultar um eletricista antes de instalar e utilizar o ar-condicionado. O profissional vai avaliar as as condições e cuidados necessários para a instalação do transformador e garantir a voltagem correta.

Saber o que é BTU ajuda com ar-condicionado

Voltagem do aparelho deve respeitar a entregue na sua casa pela concessionária. Foto: iStock, Getty Images

Como escolher o tipo de ar-condicionado

Depois de fazer o cálculo de BTUs e verificar a voltagem da residência e do aparelho, sabendo quais são as especificações necessárias, é hora de decidir o tipo de ar-condicionado mais adequado para cada ambiente e situação.

Para isso, os fatores que devem ser levados em consideração são o espaço disponível para unidade interna e externa, a possibilidade de alterar a fachada do prédio ou da casa, tipo de instalação e número de cômodos que serão climatizados.

Split

Entre os principais modelos disponíveis no mercado está o ar-condicionado split. Ele é um sistema dividido em duas partes: a evaporadora, que fica dentro do local, e a condensadora, na parte externa. Com versões frio, quente/frio e multi, que climatiza dois ou mais ambientes, é ideal para residências.

É utilizado principalmente nas salas e quartos, sendo silencioso e discreto. Outra vantagem do modelo também é a economia de energia, especialmente no chamado modelo inverter – que pode consumir até 60% menos energia, apesar de ter um custo de aquisição mais alto.

De janela ou parede

Já o modelo de janela ou parede é mais compacto e indicado para ambientes menores. Pode ser instalado em um buraco na parede ou no vão da janela, precisando de caixilho ou caixa de suporte para sustentação e acabamento. As principais vantagens são o preço baixo e a facilidade de instalação, porém eles faz mais ruídos que o split.

Portátil

O ar-condicionado portátil é ideal para locais alugados ou provisórios que tenham até 20 m². Além da facilidade de manuseio e possibilidade de locomoção, sua manutenção também é mais prática. Mas esses modelos possuem baixa potência, geralmente entre 9.000 e 13.000 BTUs.

Piso teto

Outra opção é o ar-condicionado piso teto, um sistema dividido em duas partes, assim como o split. A diferença é a maior potência, sendo indicado para ambientes maiores, comerciais ou residenciais, com mais 50 m². Também tem versões frio e quente/frio.

Split cassete

O Split cassete possui até quatro vias para a saída de ar e pode ser instalado no teto ou no forro. É ideal para locais maiores, como prédios que possuam pé direito alto e acabamento em gesso. Os modelos contam com potência entre 18.000 e 60.000 BTUs.

Saber o que é BTU ajuda com ar-condicionado

Ao conhecer suas necessidades, fica mais fácil acertar na escolha do aparelho. Foto: iStock, Getty Images

Dica para economizar

Independente do modelo escolhido, uma dica para economizar é comprar o produto em baixa temporada, conseguindo uma economia de mais de 30%. Segundo Marcel Michelin, executivo da empresa STR Ar-Condicionado, o consumidor encontra preços e formas de pagamento diferenciados no inverno, período em que a demanda cai.

Em janeiro, por exemplo, a procura por ar-condicionado e ventiladores cresce mais de 300%, por conta do verão, fazendo com que os preços dos produtos e até mesmo das instalações aumentem bastante.

Cuidados com o uso do ar-condicionado

Água pingando, mau cheiro e aumento no consumo de energia elétrica são sinais de que o ar-condicionado precisa de manutenção. Para evitar que chegue nesse ponto e prevenir problemas como alergias respiratórias devido a bactérias e fungos, é importante fazer a manutenção preventiva do aparelho periodicamente.

O filtro retém poeira e precisa ser limpo a cada um ou dois meses, dependendo das instruções do manual do produto e também da intensidade de uso. Isso garante que o equipamento não tenha o desempenho reduzido e dure mais, além de possibilitar economia no consumo de energia.

Apenas o filtro e o painel do ar-condicionado devem receber limpeza periódica e caseira, sem o acompanhamento de empresas especializadas. Antes de começar a higienização seguindo os cuidados que cada aparelho exige, o primeiro passo é desligá-lo da tomada.

Após retirar o filtro, conforme indicação do manual, deve ser utilizado água e sabão neutro. Faça tudo com as próprias mãos ou tenha o auxílio de um pincel. Nunca utilize instrumentos abrasivos, como escovas de cerdas rígidas. Para os filtros do tipo não-lavável, a sujeira pode ser removida com um aspirador de pó.

Mesmo com a higienização do filtro periodicamente, a limpeza completa da parte interna dever ser feita anualmente por um técnico especializado. Assim, o aparelho passa pela higienização de dutos, bandejas de condensado, desmontagem e limpeza de serpentinas.

Saber o que é BTU ajuda com ar-condicionado

Limpeza completa do aparelho deve ser feita por um técnico especializado. Foto: iStock, Getty Images

Economize no consumo de energia

Além da manutenção preventiva, outros cuidados durante o uso do ar-condicionado também ajudam a reduzir o gasto de energia:

  • Manter janelas e portas fechadas controla a entrada de ar externo no local que está sendo refrigerado, evitando que o aparelho tenha que aumentar a potência para manter a temperatura.
  • Escolha um modelo que possua o selo Procel de consumo reduzido. O aparelho considerado mais econômico está na categoria A de energia. Verifique na etiqueta do produto.
  • Como já visto, lâmpadas e equipamentos eletrônicos emitem calor e aumentam ainda mais a temperatura do ambiente. Por isso, não os deixe ligados desnecessariamente, ou o ar-condicionado terá que trabalhar mais para refrigerar.

Outro cuidado importante é evitar temperaturas muito baixas no aparelho, o que faz gastar mais energia elétrica e ainda pode impactar no sistema respiratório das pessoas.

Segundo resolução da Anvisa juntamente com o Ministério da Saúde, a temperatura ideal do ar-condicionado fica entre 23ºC e 26ºC.  A medida vale tanto para garantir conforto para o corpo, quanto para evitar que o aparelho gaste mais energia do que o necessário.

Você vai se interessar por:

Ar-condicionado é no Vivo Compras

Antes de comprar o seu ar-condicionado, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para ar condicionado

Gostou das dicas para comprar seu ar condicionado portátil? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple