Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que considerar no planejamento financeiro para mudança de casa

A- A+

A mudança de casa é uma etapa importante e, como tal, deve ser planejada com antecedência e cautela, minimizando a chance de se deparar com um imprevisto no caminho.

Há uma série de aspectos que devem ser pesados na hora da troca de imóvel, a começar pelo transporte utilizado para levar seus pertences ao novo endereço.

Transporte para a mudança de casa

Será que vale mais a pena contratar uma transportadora especializada ou ligar para o caminhão de frete estacionado ali na esquina? A resposta para essa pergunta vai depender da quantidade de trabalho que você está disposto a realizar por conta própria, da segurança dos seus pertences, além, é claro, do preço do serviço.

Normalmente, ao contratar profissionais informais, você mesmo precisa embalar seus móveis e objetos pessoais, enquanto transportadoras realizam essa parte do trabalho. Algumas também fazem seguro de mudança de casa, o que não ocorre com os fretes convencionais.

Em relação ao preço, segundo levantamento da revista Zapimóveis, os frentes costumam ser 35% mais baratos.

Família prepara a mudança de casa

Ao contratar profissionais informais, você mesmo embala móveis e objetos pessoais. Foto: iStock, Getty Images

Outros custos para mudar de casa

Além do valor destinado ao transporte, você também terá que preparar o seu orçamento para outras despesas oriundas da mudança. Móveis e eletrodomésticos novos, aluguel e condomínio, por exemplo, são itens que devem estar previstos na ponta do lápis.

Móveis e eletrodomésticos novos

Vai comprar mobília e aparelhos eletrônicos para o imóvel novo? Então, leve em conta o valor deles para colocar no seu orçamento da mudança.

Se for adquirir apenas alguns itens básicos, ou decidir mobiliar a casa toda, a melhor forma de economizar é pedir para entregar já no endereço novo, para não ter ainda mais itens com a transportadora.

O mesmo vale para os eletrodomésticos, com a diferença que, além de tudo, eles têm prazo de garantia. Ou seja, deixe para comprar quando for se mudar mesmo.

Aluguel, condomínio e outras contas

Vai comprar ou alugar o imóvel novo? Independentemente da opção, é preciso colocar essas despesas entre os seus gastos.

Caso decida pela aquisição da nova residência, também é necessário colocar no papel o seu preço, nem que seja somente a entrada. Também devem ser previstos gastos com o condomínio e com a documentação.

Contas de luz, água e telefone devem ter o endereço atualizado – e também estar contabilizadas como gastos. Afinal, as contas já começam a chegar desde o primeiro mês.

Pintura

Você vai querer pintar as paredes do imóvel quando se mudar? Coloque esse gasto na lista também, incluindo galões de tinta, material e mão-de-obra.

Você pode dar a sorte de já receber o imóvel pintado e, se não ligar para a cor padrão, pode economizar, deixando como está. No entanto, se pretende redecorar para deixar sua nova residência com a sua cara, essa é uma despesa importante.

Preparando a mudança de casa

Agora que você já conhece os gastos que terá que arcar com a sua mudança de casa, outros cuidados precisam ser tomados para que dê tudo certo. Confira um check list para entrar no imóvel novo com o pé direito:

– Informe-se quanto às regras de mudança do imóvel atual e do novo. Alguns locais têm horários delimitados para realização do serviço.

– Avise o síndico e/ou o zelador sobre sua mudança, e cheque se não há outra pessoa realizando transporte no mesmo dia e horário para evitar congestionamentos em elevador e outros transtornos do gênero.

– No dia da mudança, reserve vaga para o caminhão na frente do imóvel – ou o mais perto possível. Quanto mais longe, mais demorado será e mais carregadores serão necessários, encarecendo o transporte.

Você vai se interessar por:

Veja quais itens incluir nos gastos com a casa nova

Casa ou apartamento: descubra qual é a melhor opção

Manter o aluguel ou comprar um imóvel: saiba como decidir

Sua nova casa mais segura

Quer garantir a segurança da sua nova casa? Com o Seguro Proteção Residencial da Vivo, você tem cobertura contra incêndio, raio e explosão. Além de garantia de indenização dos seus bens em caso de roubo, e furto qualificado. O serviço, em parceria com a seguradora ACE, ainda oferece praticidade no pagamento, que pode ser realizado na mesma fatura mensal do seu celular.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Gostou das dicas para realizar a mudança de casa? Comente!

tempo é dinheiro?
como fazer um plano financeiro
como economizar na limpeza
comprar alimentos no atacado
promoções em supermercados
Como tirar manchas de mofo e bolor da parede