Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que avaliar antes de comprar bicicletas usadas

A- A+

Além de fazer bem para saúde e diminuir os impactos no meio ambiente, pedalar ao invés de dirigir pode gerar menos gastos para o seu bolso. Combustível, IPVA e troca de óleo, são algumas despesas com as quais você não precisa se preocupar quando está em cima da sua bike. A economia pode ser ainda maior ao optar por modelos de bicicletas usadas.

Os descontos em relação às bicicletas novas podem chegar a 50%, como é o caso dos modelos de montanha (mountain bike), conforme estimativa do blog Bike Magazine.

Bicicletas usadas

Se o custo de manutenção da bicicleta for baixo, vale comprar um modelo usado. Foto: iStock, Getty Images

6 dicas para comprar bicicletas usadas

Apesar de mais baratas, é preciso saber se o custo de uma eventual manutenção compensa seu preço mais baixo. Confira seis itens que merecem atenção redobrada antes da compra.

1. Caixa de direção e guidão

O indicado é levantar a bike e girar a direção para os dois lados para sentir o estado dos rolamentos e a existência de possíveis folgas. Essa medida é fundamental, pois uma boa caixa de direção custa caro.

2. Freios

Fundamentais para a sua segurança, o recomendado é acionar cada um dos manetes com o máximo de força possível, para ver se o sistema fica firme. Confira também se as molas dos freios ainda funcionam bem e olhe as condições dos cabos e das sapatas.

3. Quadro

Verifique se o tamanho é o adequado para você, pois um quadro errado pode lhe causar desconforto. Além disso, é fundamental observar sinais de corrosão, amassados, as gancheiras e se o alinhamento está perfeito. Caso ele esteja desalinhado, é possível que comprometa a estabilidade e o bom funcionamento de todos os componentes.

Procure atentamente também por trincas no quadro, especialmente nas soldas e na região do movimento central e da caixa de direção.

4. Rodas e pneus

Cuidar o alinhamento, o estado dos raios e aros e procurar por folgas nos cubos são os principais cuidados que precisam ser tomados aqui. Também confira o funcionamento das blocagens das rodas e observe o estado dos pneus,. Se estiverem carecas é melhor pensar na substituição.

5. Relação

O conjunto formado pela corrente, coroa, pedivela e cassete é um item bastante caro quando precisa ser substituído, por isso, merecem atenção especial.

Examine com atenção o estado das coroas e do cassete – dentes arredondados demonstram desgaste. Se possível, meça a corrente com uma ferramenta especial que as boas oficinas possuem. Nem sempre substituir uma corrente usada por uma nova vai funcionar.

6. Suspensão

Outro item que merece cuidado é a suspensão, pois a sua manutenção também pode custar caro, além de ser um componente vital da bicicleta – quando em mau estado, pode causar riscos à sua segurança.

Esse componente pode esconder sérios problemas, como folgas e vazamentos, que vão exigir peças de reposição e mão de obra especializada. O ideal é que você peça a ajuda de algum mecânico para examinar o seu estado.

Além desses itens, também é fundamental pesquisar a procedência do modelo de bicicleta desejado. Por isso, sempre que possível, opte por comprar em lojas especializadas.

Você vai se interessar por:

Aderiu ao “De bike ao trabalho”? Veja que cuidados tomar

Como escolher a bicicleta certa para pedalar na cidade

Cicloturismo: veja dicas para uma aventura de bicicleta

Encontra a sua bicicleta no Vivo Compras

Bicicletas usadas podem representar um ótimo custo benefício, mas se quiser optar por modelos novos, a melhor saída é comparar os preços em diferentes lojas do país. Faça isso no Vivo Compras, o seu shopping virtual. Com ele, você tem acesso a mais de 850 mil produtos para escolher através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para bicicletas

Esse artigo sobre bicicletas usadas lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

metas de curto médio e longo prazo
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
seudinheiro-Compras-de-supermercado
micro-ondas ou forno elétrico