Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba em que cidades estão os mais altos salários no Brasil

A- A+

Ter uma remuneração alta, aliada ao emprego dos sonhos, pode exigir uma mudança de cidade. Ao observar o ranking de salários no Brasil, que considera o valor médio pago aos trabalhadores, o que se percebe é uma disparidade regional significativa.

Mais do que identificar onde o brasileiro é melhor remunerado, é importante conhecer as razões que explicam as diferenças de valores e saber o que fazer para buscar um melhor reconhecimento financeiro na carreira.

salários no Brasil

Lei da oferta e da procura ajuda a influenciar a diferença de salários no Brasil. Foto: iStock, Getty Images

Top 10: os maiores salários no Brasil

Você sabe quais são as cidades que pagam melhor seus trabalhadores? Veja abaixo as dez capitais com as maiores médias de salários. As informações são do levantamento do Cadastro Central de Empresas, do IBGE:

  • 1º Brasília (DF) – R$ 3.729,00
  • 2º Florianópolis (SC) – R$ 3.186,00
  • 3º Rio de Janeiro (RJ) – R$ 2.983,00
  • 4º São Paulo (SP) – R$ 2.915,00
  • 5º Vitórias (ES) – R$ 2.847,00
  • 6º Porto Alegre (RS) – R$ 2.779,00
  • 7º Curitiba (PR) – R$ 2.712,00
  • 8º Macapá (AP) – R$ 2.644,00
  • 9º Palmas (TO) – R$ 2.576,00
  • 10º Porto Velho (RO) – R$ 2.508,00

O que explica as diferenças de salários no Brasil

Como é possível observar, há significativas diferenças de salário entre as regiões. Isso ocorre por diversas razões, geralmente ligadas à lei da oferta e procura. Quanto mais candidatos com qualificação adequada existem para uma mesma vaga, menor é o salário oferecido pelo empregador e aceito pelos empregados.

Para melhor entendimento, o economista Walter Mendes, consultor da CEOLab, dá como exemplo uma região ou cidade em que haja necessidade de empregados muito qualificados – isso em razão da concentração de indústrias com alto nível tecnológico (químicas, farmacêuticas e bens de capital), ou serviços com maior sofisticação (financeiros, tecnologia da informação ou saúde).

Nesses locais, aponta ele, haverá uma valorização maior dos salários do que existiria onde a demanda é menor. “Da mesma forma, no caso de trabalhadores com baixa qualificação, em regiões ou cidades em que há equilíbrio entre o número de pessoas dispostas a fazerem serviços braçais ou de baixa qualificação e a demanda por esses trabalhadores, os salários tenderão a subir”, explica.

Relação entre salário e custo de vida

Se Brasília lidera o ranking de remuneração, isso se deve como uma resposta ao maior custo de vida local, correto? Na verdade, o raciocínio é inverso, explica Mendes.

Para ele, não é o custo de vida mais alto que eleva os salários, mas sim a maior remuneração – resultado de maior equilíbrio entre oferta e demanda de mão de obra – que permite a cobrança de preços mais altos por bens e serviços.

Segundo o site Custo de Vida, uma iniciativa que compara cidades brasileiras, a capital federal é a quinta mais cara do país, ficando atrás de quatro municípios paulistas: Osasco, São Paulo, Barueri e Santos.

Você vai se interessar por:

Como buscar melhores salários

Buscar melhores salários pode ser feito dentro da própria região, se o profissional perceber que está com remuneração abaixo do mercado, ou em outra cidade onde o mercado esteja mais favorável. Entretanto, é importante não cometer o erro de aceitar diferenças salariais que não façam frente ao custo de vida regional.

De acordo com a coach profissional e associada da RH Talento, Maria do Carmo Tombesi Marini, qualquer que seja a escolha, em primeiro lugar, o profissional deve pesquisar sobre os salários da sua área de atuação para verificar se está na média ou não.

Também é interessante ver as necessidades do mercado em relação ao tipo de profissional que ele é. Se o mercado não está precisando dele, o recomendado é observar que competências faltam para atender à demanda e buscar novas qualificações.

“Obviamente, currículo atualizado e resgate de relações com pessoas que possam abrir portas são fundamentais para qualquer movimentação profissional”, conclui a especialista.

 

Gostou de conhecer mais sobre os salários no Brasil? Compartilhe esse conteúdo!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria