Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como verificar a taxa do cheque especial

A- A+

Segundo dados da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, em março de 2015, a taxa do cheque especial acumulada em 12 meses chegou a 220%, a maior desde dezembro de 1995.

Mas você sabe o que representa essa taxa e como calcular o impacto dela no seu orçamento, em caso de uso do limite?  Se a sua reposta for negativa, confira o que você precisa saber a esse respeito.

O que é o cheque especial?

“O cheque especial é um contrato firmado entre o banco e o correntista, onde uma determinada quantia em dinheiro é disponibilizada na conta corrente para que seja utilizada e devolvida com acréscimos e outros encargos financeiros”, define a terapeuta financeira Ana Paula Pavanatti.

O cheque especial é um contrato firmado entre o banco e o correntista. Foto: iStock, by Getty Images

A taxa do cheque especial pode ser encontrada nos canais de atendimento da sua instituição financeira, ou exibida nos extratos impressos ou digitais. Já o seu valor varia de banco para banco. Os juros aplicados no cheque especial são um dos mais altos do mercado, podendo chegar até a 13% ao mês.

Esse valor está tão alto devido a elevação da taxa básica de juros, a Selic, por parte do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom). O aumento passou de 12,25% para 12,75% ao ano.

O Procon alerta o consumidor a evitar novos empréstimos, especialmente, na modalidade cheque especial e orienta que o ideal é priorizar o acerto de débitos e evitar o acúmulo de dívidas.

Segundo a terapeuta, o uso do limite do cheque especial é um desafio, principalmente, para os jovens e empreendedores, que ao verem este valor disponível no extrato bancário, acabam usando um saldo que não é seu. E, assim, ultrapassam a receita disponível do mês.

“As consequências desse mal uso são uma bola de neve. Juros em cima de juros, enquanto você não quita o valor utilizado, os juros vão correndo. Começa então, o desequilíbrio financeiro, emocional e espiritual”, adverte Ana Paula.

Alternativa à taxa do cheque especial

Caso você precise comprar um bem que seja muito necessário e não tem dinheiro para isso, esgote todas as possibilidade antes de pedir um empréstimo. Peça emprestado para amigos ou familiares ou busque outra alternativa de renda. Se ainda assim lhe faltarem fundos, opte por modalidades de empréstimo com juros mais baixos. O empréstimo consignado, nesse sentido, é a melhor opção.

“O ideal é não usar o cheque especial, principalmente quando estamos no auge das emoções e ansiosos para utilizar deste recurso financeiro sem pensar”, aconselha a terapeuta financeira.

Reverta as tarifas do banco em bônus

Agora que já  sabe calcular o impacto da taxa do cheque especial do seu banco, o que você acha de receber reverter em bônus para o seu celular, valores pagos por mês referente ao pacote de tarifas de conta corrente, por exemplo? Na Conta Bônus da Vivo é assim. O que é pago em taxas na sua instituição bancária vira bônus para Vivo Pré, Pós e Controle.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas de taxa do cheque especial? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
valor das tarifas bancárias
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho