Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como resgatar e usar os créditos do programa Nota Paranaense

A- A+

Se você mora no Paraná ou faz compras no Estado, pode participar de um dos principais programas do país a incentivar a educação fiscal. Além dos sorteios, um dos atrativos do Nota Paranaense é a possibilidade de resgatar créditos. Ou seja, parte do valor recolhido pelo estabelecimento através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é revertido para quem realizou a compra.

Ao mesmo tempo, o programa é uma maneira de a própria população ajudar a fiscalizar o recolhimento de impostos aos cofres públicos e diminuir a sonegação fiscal.

Para isso, basta fornecer o número do CPF sempre que adquirir um novo produto. A primeira compra rende um cupom eletrônico e cada R$ 50 gastos oferecem mais uma chance de ser premiado.

Nota paranaense estimula comércio

Ao comprar e solicitar o CPF na nota fiscal, consumidor paranaense concorre a prêmios. Foto: ANPr

Como participar do Nota Paranaense

Para participar do programa de educação fiscal do Paraná e acumular créditos, não é preciso ter cadastro específico. Ao informar o seu CPF durante uma compra, o comerciante emite a nota e o processo ocorre de maneira automática.

No entanto, se você quiser ter acesso também aos sorteios mensais e consultar ou resgatar os seus créditos, é preciso estar cadastrado no site do Nota Paraná.  

Feito isso, é possível conseguir o reembolso de até 30% do valor que o lojista vai pagar em ICMS. A quantia recebida depende do número de pessoas que pediram CPF na nota e também do custo da compra.

Na hora de preencher os seus dados, é importante oferecer o máximo de informações possíveis, pois elas alteram o nível de confiabilidade da sua conta. Quanto mais confiável for o cadastro, maior também é o número de serviços oferecidos pela internet e os valores permitidos para resgate.

E não é preciso guardar a nota fiscal. Após cadastrado no Nota Paranaense, o consumidor pode conferir no site suas notas.

Como usar os créditos do Nota Paranaense

Embora os créditos do programa ainda não estejam disponíveis para o resgate, são três opções para utilizá-los. Nas duas primeiras, a operação poderá ser realizada a partir de novembro.

Depósito em conta bancária

É preciso cadastrar uma conta corrente ou poupança para que o valor seja direcionado diretamente para ela. Nesse caso, os primeiros créditos vão ser calculados e homologados em novembro, em um mínimo de R$ 25.

Crédito para o celular

Com essa alternativa, você utiliza o valor acumulado para gastar em ligações no seu celular. Assim como a opção anterior, os créditos vão estar disponíveis a partir de novembro, com resgate de pelo menos R$ 5.

Abatimento no IPVA

Possibilidade oferecida a partir do IPVA 2016, com vencimento em 2017. Qualquer valor pode ser usado para abatimento.

Você vai se interessar por:

Entenda como funciona o programa Nota Fiscal Paranaense

Exija nota fiscal: 7 motivos para solicitar o documento

Nota fiscal e comprovantes: veja por quanto tempo guardar

Proteja o seu CPF

Documento fundamental para a participação no programa Nota Paranaense, seu CPF deve estar sempre protegido e uma das formas de fazer isso é a partir do Vivo Alerta CPF.

Entre as funções do serviço, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas sobre o Nota Paranaense? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças