Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como regularizar a mudança de cor do seu veículo

A- A+

Com a ideia de deixar o automóvel com a sua cara, proprietários de veículos recorrem a soluções diversas de customização. Entre elas, além da instalação de acessórios, a mudança de cor ocupa destaque. Mas quais são as regras que disciplinam essa prática?

Para esse procedimento específico, o primeiro passo é conseguir autorização no Departamento Estadual de Trânsito, (Detran) do seu estado. A Resolução 292, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), existente há quase 7 anos, é que determina as normas para a mudança de cor.

Caso as regras não sejam respeitadas, o motorista está sujeito à multa, perder pontos na carteira e ter o carro retido para regularização. Confira a seguir como realizar essa e outras alterações no seu veículo sem se complicar com a lei. 

É permitido alterar a cor predominante do veículos, desde que autorizado pelo Detran.

São consideradas alterações de cor aquelas realizadas por pintura ou adesivamento. Fotos: iStock, Getty Images

Como realizar a mudança de cor do carro

É permitido alterar a cor predominante do veículo, desde que autorizado pelo Detran. Para isso, assim como em qualquer outra alteração das características originais, é necessário fazer a solicitação de acordo com as regras previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

No caso específico de mudança de cor, não é necessária a emissão de um novo Certificado de Segurança Veicular (CSV). Os valores das taxas para a regularização da nova cor variam de estado para estado, por isso, é importante se informar antes de realizar a alteração.

Caso você efetue a alteração sem o consentimento do Detran, estará sujeito a sofrer as seguintes sanções:

– Infração grave: 5 pontos na CNH

– Penalidade: multa de R$ 127,69

– Medida administrativa: retenção do veículo para regularização.

Segundo a Resolução 292, só serão consideradas alterações de cor aquelas realizadas através de pintura ou adesivamento em área superior a 50% do veículo, excluídas as áreas envidraçadas. 

Além disso, é atribuída uma cor fantasia quando for impossível distinguir uma cor predominante no veículo.

Você vai se interessar por:

Queda nos preços de carros usados aquece o mercado

Clonagem de placa de carro: entenda os indícios e o quando agir

Dá para cancelar seguro de carro? Tire suas dúvidas

Alterações além da mudança de cor

Confira outras cinco modificações possíveis para fazer no seu carro que, igualmente, precisam de autorização do órgão de trânsito, além de seguir regras definidas por lei.

Combustível

É permitida a alteração do combustível, como de gasolina para álcool, ou vice-versa, além de transformar em Gás Natural Veicular (GNV), desde que mediante autorização do Detran. Nesse último caso, os componentes do sistema devem estar certificados no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade. No ato da regularização será exigido o novo CSV.

Mudança de cor e outras alterações no carro

Sinalização e iluminação

Só é permitida a circulação de veículos que tenham feito essas alterações – e estejam devidamente legalizados – até a data de 2 de junho de 2011. Para novos veículos, as alterações que não estão mais autorizadas.

Mudança de cor e outras alterações no carro

Suspensão, rodas e pneus

Desde de 26 de março de 2014, foi legalizada a suspensão modificada. Para isso, o condutor tem que ficar atento ao peso bruto total do seu veículo, pois as recomendações variam para carros com mais ou menos de 3.500 quilos.

Entre as principais normativas, está que conjunto de rodas e pneus não poderá tocar em parte alguma do veículo quando submetido aos testes.

Mudança de cor e outras alterações no carro

Película

Para a instalação de películas solares, são necessárias a autorização do Detran e a emissão de CSV. Além disso, segundo a Resolução 292, a transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos pára-brisas e 70% para os pára-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do veículo.

Mudança de cor e outras alterações no carro

Potência

É permitida a alteração da potência em até 10% a mais que a original do veículo, mediante autorização do Detran e emissão do CSV. Alterações superiores a esse valor devem ter sua categoria alterada para competição – esse tipo de carro, conforme o CTB, não possui permissão para trafegar livremente nas ruas.

Mudança de cor e outras alterações no carro

Assistência para o seu carro

Agora que já sabe como autorizar a mudança das características originais do seu veículo, o que você acha de contar com toda a assistência que ele precisa? Com o Vivo Assistência Auto e Casa, é possível contar com socorro mecânico e ainda outros serviços também para sua residência. Assine por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta chaveiro e socorro mecânico para seu carro

Gostou das dicas de mudança de cor? Deixe seu comentário.

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro