Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como planejar as despesas para uma viagem em família

A- A+

Você quer marcar uma viagem em família para suas próximas férias mas está com dificuldade para planejar? Confira a seguir dicas para estimar os gastos e escolher o destino que mais se adequa ao seu bolso – sem perder a chance de ter uma experiência inesquecível.

viagem em familia

É preciso equilibrar custo total com o custo diário. Foto: iStock, Getty Images

Viagem em família: decidindo o destino

De acordo com Beto Conte, diretor da agência de viagens STB, a primeira questão de planejamento, mesmo antes de decidir o destino, é saber quanto se está disposto a gastar. Em segundo lugar, quantos dias pretende usufruir.

Sabendo disso, você deve pesquisar o valor da passagem e quanto, em média, precisará gastar por dia. Se estipulou que deseja ficar dez dias e tem um orçamento de US$ 2 mil para despesas, deverá encontrar um destino em que precise gastar cerca US$ 200 ao dia com acomodação, transporte, alimentação e compras.

É importante considerar que nem sempre o destino mais barato em termos de passagem é aquele com menor custo diário. Viajar para a Ásia é mais caro do que para a Europa, mas suas despesas diárias em países do sudeste asiático (como a Tailândia) serão menores do que na França.

Poupando durante a viagem em família

Conte explica que uma forma de aproveitar ao máximo sua viagem em família sem extrapolar a conta é limitá-la a poucos destinos. “Quanto mais a gente ficar em um mesmo local, menos tende a gastar do que se estivéssemos nos deslocando”, aconselha. “Se ficar seis dias em Paris, provavelmente gaste menos do que dois dias em Paris, dois em Amsterdã e dois em Frankfurt”.

Focar a viagem em família em menos cidades ainda lhe permite fazer atividades e conhecer atrações turísticas em um ritmo mais leve, podendo desfrutar com mais calma. Outra questão chave para Conte na hora de planejar a viagem em família é a questão da acomodação, que costuma consumir um terço do orçamento total.

Com isso em mente, é optar por um padrão de custos e qualidade que se adapte ao seu bolso. “Isso é fácil, porque se tem hotelaria, desde albergues até cinco estrelas. Então, a gente pode se adequar ao melhor custo-benefício dentro de cada faixa de valores”, diz.

Utilize os guias

Conte afirma que a melhor forma de planejar uma viagem em família de acordo com a sua capacidade financeira é utilizando os guias de viagem. Com experiência de quem viaja ao exterior há mais de 30 anos, ele diz que sempre utiliza guias na hora de decidir a sua viagem.

“Me ajudam a formatar a viagem, com pontos de interesse, quantos dias ficar em cada lugar. E, a partir daí, você vai para o detalhe da planilha de Excel, com gastos de acomodação, com as atrações, etc”, recomenda.

Para finalizar, Conte recomenda que você sempre deixe espaço em seu orçamento para uma extravagância: uma noite em um hotel mais requintado, uma refeição em um restaurante de alto padrão ou aquele show famoso. “É importante economizar na média e ter alguns momentos de extravagância, porque vai ser isso que a pessoa lembrará daqui a alguns anos”, aconselha.

Curtiu as dicas para uma viagem em família de sucesso? Compartilhe!

viagem econômica para a Disney
o que fazer com as crianças
lareira em apartamento
parcelar festa de casamento
parcelar viagens no cartão de crédito
Aprendendo como lavar carro com economia