Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como pedir dinheiro emprestado para um parente

A- A+

Não está conseguindo honrar seus compromissos? Chega ao final do mês sempre no vermelho? Se você não quer recorrer a bancos e financeiras, procurar uma ajuda financeira com algum familiar pode ajudar. Mas como pedir dinheiro emprestado para um parente sem criar constrangimento?

Como pedir dinheiro emprestado para um parente

Regras do empréstimo devem estar claras no início para evitar desentendimentos. Foto: iStock, Getty Images

Como pedir dinheiro emprestado para um parente

A tarefa não é fácil e tem muito mais variáveis nesse negociação do que você imagina. Confira como pedir dinheiro emprestado para um parente com três dicas da educadora financeira Denise Santos.

1. Quanto pedir?

O primeiro passo é calcular quanto você vai precisar pedir e quanto a pessoa vai poder lhe emprestar. A escolha deve ser feita baseada no cruzamento dessas informações e levando em consideração a afinidade que possui com a pessoa, claro. Mas Denise adverte: “O objetivo é conseguir quitar dívidas e não fazer familiares se endividarem ou criar um clima ruim na família”, diz.

2. Como pagar?

Depois, é hora de decidir como vai ser feito o pagamento desse empréstimo. Ele pode ser feito em suaves parcelas (se for a quantia for muito alta) ou de uma única vez. Neste último caso, a especialista aconselha usar uma renda próxima (férias, FGTS, 13º ou algum adiantamento ou comissão) para quitar sua dívida.

Há casos de familiares que cobram juros, dependendo do valor e do prazo. “Não há certo ou errado”, comenta Denise. Só é preciso deixar tudo muito bem esclarecido logo no começo, para não haver desentendimentos posteriores.

3. Como se organizar?

Com o valor e a forma de pagamento definidos, é chegada a hora de se preparar para quitar o empréstimo. As planilhas são as mais recomendadas no caso do crédito parcelado. Caso o pagamento seja à vista, a mesma ferramenta que é usada para fazer todo o orçamento financeiro mensal pode ser usada para controlar a dívida.

Honre seus compromissos

Seguir essas três etapas recomendadas pela educadora financeira é fundamental para que você não desorganize a vida financeira do parente que lhe estendeu a mão nesse momento difícil. Isso porque muitas pessoas pedem dinheiro emprestado para familiares sem se preocupar em cumprir a sua parte do trato: devolver a quantia concedida de volta.

Segundo pesquisa recente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), uma em cada dez pessoas (11,2%) ficou inadimplente por emprestar o nome para amigos (26,6%) ou irmãos (21,0%).

O estudo também mostra que apenas 5,3% daqueles que usaram o dinheiro do parente ou do amigo para fazer compras pagaram integralmente a dívida, sendo que 76,4% dos solidários não receberam nada.

Mais do que não cumprir com o prometido, ou seja, não devolver o empréstimo concedido pelo parente, essa situação pode abalar a relação com seus familiares. Em pelo menos 69,2% dos casos, o relacionamento entre o devedor e quem emprestou o nome ficou enfraquecido, apontou o levantamento do SPC.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Aprendeu como pedir dinheiro emprestado para um parente? Compartilhe as dicas!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças