Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como os juros em alta afetam suas contas

A- A+

Que o Brasil vive um momento de juros em alta, em níveis que batem recordes, todo mundo sabe. Mas os diversos gráficos e termos econômicos apresentados diariamente nos telejornais acabam distanciando um pouco esses fatos econômicos da rotina do cidadão.

Conforme informações da Agência Brasil, a taxa média dos juros para pessoas físicas com recursos livres (quando os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro) alcançou 52,6% em janeiro deste ano. O patamar é o maior desde 2011, quando começou a nova série histórica do Banco Central (BC).

O que aumenta com os juros em alta

Dois dos itens que afetam a vida financeira dos brasileiros de forma direta são atingidos pelos juros em alta: o cartão de crédito e o cheque especial. Ainda assim, o chefe de Departamento Econômico do BC, Túlio Maciel, alertou que praticamente todas as modalidades de taxas de juros tiveram aumento.

juros

Este não é o momento de correr riscos no cheque especial devido à alta dos juros. Foto: iStock, by Getty Images

Para ter uma ideia de como os juros em alta afetam a sua vida econômica, a correção do cartão ficou em 73,3% ao ano (subindo 7,7 pontos percentuais em 12 meses). Já o juros do crédito rotativo do cartão (que você usa quando paga o valor mínimo da parcela) ficaram em 334% ao ano, crescendo 24,5 pontos percentuais em um ano.

Esses números demonstram que esse não é o momento de correr riscos de ficar inadimplente. O ideal é fazer o parcelamento tendo segurança de que vai poder pagar o boleto. Caso contrário, os juros serão maiores

O cheque especial, por sua vez, também deu um bom exemplo das consequências dos juros em alta. A taxa foi de 208,7% ao ano, o que representa uma alta de 54,6 pontos percentuais em 12 meses. Este é o maior patamar desde abril de 1996.

Juros em alta, compras em baixa

É importante esclarecer que os juros em alta não afetam apenas cartão de crédito e cheque especial. De acordo com o Banco Central, eles interferem em diversas modalidades de crédito para pessoa física, com taxas pré e pós-fixadas.

Aquisição de veículos, cartão de crédito parcelado, cartão de crédito rotativo, crédito pessoal consignado (seja do INSS, público ou privado), crédito pessoal não consignado, desconto do cheques, financiamento imobiliário (com taxas reguladas ou de mercado), leasing de veículos e aquisição de outros bens também sofrem as consequências dessa alta.

Cartão com benefícios

Se você é adepto das compras no cartão, mas não quer sair perdendo frente a um cenário econômico desfavorável às compras, o melhor é usar de forma consciente e aproveitar todas as facilidades que são oferecidas.

Em parceria com os bancos Itaú e Santander, a Vivo oferece cartões de crédito com inúmeras vantagens que vão muito além das compras. Clientes Vivo Pré ou Controle podem se beneficiar de bônus nas recargas, enquanto clientes Vivo Pós acumulam pontos no programa Vivo Valoriza, para trocar por pacotes de serviços para falar mais em ligações, SMS ou internet.

> Cartão de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas de juros em alta? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito