Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como juntar dinheiro para casar com 5 boas dicas

A- A+

Realizar sonhos é algo que depende de um planejamento de ação e de economia. Aprender como juntar dinheiro para casar e dar início à vida no matrimônio é um desses planos que requerem tempo e disposição. Organizar as finanças do casal e estipular prazos pode ajudar a alcançar o objetivo e ainda fortalecer o relacionamento.

Prevenção da infidelidade financeira

Segundo a educadora financeira Cintia Senna, o planejamento representa a programação antecipada para fatos e eventos que se deseja realizar e com os quais já há um compromisso. “Para que seja efetivo e viável, o foco é muito importante, como ter certeza do que se quer realizar e conquistar nos próximos meses e anos”, diz.

Assim, o objetivo de juntar dinheiro para casar pode ser um bom estímulo para que esse planejamento funcione e atue como uma prevenção da infidelidade financeira.

Isso porque, na maior parte das vezes, a decisão do casamento é tomada após um período de reflexão, em um relacionamento que é duradouro e estável, com base na vontade das duas pessoas que compõem o casal.

Como juntar dinheiro para casar

Parceria amorosa deve se refletir também na parte financeira do novo casal. Foto: iStock, Getty Images

Quando começar a juntar dinheiro?

No mundo ideal descrito por Cíntia Senna, quando duas pessoas iniciam uma relação estável já deveriam começar a juntar dinheiro para casar, mesmo se o namoro não chegar até esse estágio. “Se cada casal já tivesse separado uma parte todos os meses, quando resolvessem casar, já teriam o valor necessário e a relação mais saudável e duradoura”, afirma.

Essa força para o relacionamento viria da confiança depositada no outro, acreditando que ele pode ser o parceiro ideal para o futuro. Além disso, durante o processo de planejamento do casamento, é possível conhecer mais profundamente os desejos do companheiro e trabalhar em prol de um sonho compartilhado.

Como juntar dinheiro para casar: 5 dicas

Na prática, o casal deve começar a juntar dinheiro para casar pelo menos um ano antes da data prevista para o evento. A festa, a lua de mel, o local onde vão morar e os primeiros meses da vida em casal devem fazer parte dessa planejamento. Cintia Senna dá cinco dicas para quem quer começar esse processo de organização:

Conheça suas finanças

Saiba para onde vai o seu dinheiro. Quando você identifica tudo aquilo onde gasta, consegue perceber quais as despesas que deve manter, as que deve reduzir e ainda aquelas que devem ser eliminadas. Fazer essa análise nos primeiros 30 dias após a decisão de casar evita as desculpas para não economizar nos próximos meses.

Marque na agenda

Tenha uma definição clara de quando você quer casar e qual é o valor que pode gastar para realizar esse sonho. Com base nisso, é possível estipular de forma mais realista a quantia que deve ser economizada em cada mês.

Adote métodos de economia

Assim que receber o seu salário, já faça a divisão e separe a quantia que será economizar para o casamento. Projetos de longo prazo, como juntar dinheiro para casar, exigem disciplina para que o valor não seja gasto durante o mês.

Você vai se interessar por:

Mantenha o foco

Não gaste o dinheiro investido no casamento com outras despesas. Lembre-se que toda retirada das reservas para o evento adiará a realização do seu sonho.

Poupe e invista

Invista o valor poupado, para que ele possa ter rendimentos. Com isso, você reduz o prazo para o acúmulo da quantia final e para a realização do seu sonho de casar.

 

Viu como juntar dinheiro para casar fica mais fácil com planejamento? Compartilhe as dicas!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Dicas para quem pensa em vender bens para pagar dívidas
seudinheiro-Compras-de-supermercado
sair da casa dos pais