Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como funciona um plano de saúde para animais

A- A+

Já pensou em fazer um plano de saúde para animais e proteger seu amiguinho dos mais diversos problemas clínicos? Essa tem sido uma prática cada vez mais constante no país. Com o crescente número de pets no Brasil (de acordo com o IBGE, são 132,4 milhões) esse é um segmento que tem se destacado bastante nos últimos anos.

Segundo projeção da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o mercado pet atingirá R$ 17,9 bilhões em faturamento neste ano, o que representa um aumento de 7,4% sobre 2014.

Desse total, 15,6% são referente à Pet Care (equipamentos, acessórios e produtos de higiene e beleza) e à Pet Vet (medicamentos veterinários), segmentos voltados à saúde e bem-estar animal.

Ficou curioso a respeito do plano de saúde para animais? Confira as principais coberturas, o custo-benefício dessas apólices e avalie se vale oferecer esse conforto ao seu amiguinho.

Existem três modalidades de plano de saúde para animais.

Modalidade destinada à saúde animal se assemelha ao plano de saúde tradicional. Foto: iStock, Getty Images

Startup oferece plano de saúde para animais

Há cidades brasileiras, como Porto Alegre, em que o percentual de lares com animais de estimação já ultrapassa 50%, conforme pesquisa da Abinpet. A fim de atender essa demanda e trazer comodidade para os donos de pets, oferecendo planos de saúde animal que atendessem às necessidade dos amiguinhos, nasceu a startup Nofaro.

A empresa, sediada na capital gaúcha, conta com três modalidades de plano de saúde para animais: PLUS, VIP e TOP. Confira o que cobre cada uma e seus custos.

Plano PLUS

O principal foco desse plano é a prevenção. Sob o slogan de Mantenha a saúde de seu pet em dia, ele dá direito a:

Seis consultas

Consulta plantão (24h)

Vacinas

Seis tipos de exames, incluindo raio-X

Procedimentos clínicos simples (curativo, retirada de bicheiras, drenagem de ferida).

O valor do plano é de R$ 49,50.

Plano VIP

Foco no atendimento de emergência e pronto-socorro. Dá direito a:

Toda cobertura Nofaro PLUS

Consulta com especialista (dermatologista, oftalmologista)

Vacina da giárdia

13 tipos de exames (raio-x, ecografia e eletrocardiograma)

Procedimentos clínicos mais complexos (imobilização, sutura simples, fluidoterapia)

Internação e anestesia inalatória

Odontologia (limpeza de tártaro)

Cirurgias mais comuns (castração, cesariana, hérnias e câncer de mama).

O plano custa R$ 79,20.

Plano TOP

Sob o slogan Livre-se de surpresas com o plano mais completo, seu principal foco é a segurança, dando direito à:

Toda cobertura dos anteriores

Mais limites para consultas, atendimento 24h e especialistas;

20 tipos de exames (incluindo cinomose, parvovirose e FIV/FeLV)

Mais de 40 tipos de cirurgias (ortopédicas, oculares e gerais)

Dez dias de internação por ano

Fisioterapia e acupuntura.

O valor desse plano de saúde para animais é de R$ 98,10.

Além dos planos de saúde o cliente pode incluir banhos e adicionar pacotes de estética do jeito que preferir. O plano PLUS dá direito a seis banhos por ano, o VIP a 12 e o TOP a 24.

Você vai se interessar por:

Como funciona um plano de saúde para animais

O plano de saúde para animais funciona da mesma maneira que a modalidade tradicional, conforme explica o sócio-executivo do NoFaro, Murillo Trauer.

A startup possui uma rede de clínicas conveniadas em Porto Alegre, contando com especialistas, laboratórios de sangue e também de imagens e veterinários com atendimento a domicílio. “Os valores são pagos mensalmente, não havendo coparticipação dos procedimentos cobertos pelos planos”, afirma.

Também é possível realizar a compra através do site, onde o cliente ainda acompanha o histórico dos atendimentos realizados no seu pet. Os planos Nofaro são restritos a cães e gatos, aceitando animais de todas as idades e também com doenças pré-existentes.

 

Gostou de conhecer o plano de saúde para animais? Comente!

Como ter uma boa qualidade de vida
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images
Registro do plano na ANS
Debatendo contrato de plano de saúde
Jovem organizado com custos e despesas