Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como fazer planejamento tributário de uma empresa

A- A+

Um empreendedor responsável precisa saber como fazer planejamento tributário de uma empresa. Afinal, cumprir as obrigações tributárias é necessário para que o negócio mantenha-se legalizado. Isso inclui encargos como impostos sobre o faturamento, o lucro, a folha salarial e outras taxas.

Uma empresa que não cumpre essas obrigações está sujeita a multas ou poderá ser considerada ilegal pelo governo.

Se você acha que tal risco compensa para pagar menos impostos, pense melhor, pois seu negócio não poderá tomar empréstimo com bancos públicos nem se beneficiar de políticas de incentivo. Além disso, muitos parceiros e clientes poderão exigir a sua legalização para fechar acordos.

Aprendendo como fazer planejamento tributário de uma empresa

Erros no planejamento tributário podem causar grandes prejuízos à empresa. Foto: iStock, Getty Images

Como fazer planejamento tributário de uma empresa

O planejamento tributário é a ferramenta que uma empresa tem para orientar o pagamento das obrigações que citamos acima.

Além de garantir a regularização junto a órgãos públicos, este instrumento permitirá ao gestor planejar o seu orçamento e fluxo de caixa com maior precisão. Tudo isso é fundamental para preservar a saúde financeira do negócio.

Não há como fazer planejamento tributário de uma empresa sem entender muito bem qual é o seu perfil, seu regime de tributação, estrutura societária e detalhes logísticos. Calcular a carga tributária que incide sobre uma companhia depende de tudo isso.

O ideal é contar com a ajuda de contadores e advogados especializados nesta área na hora de começar o planejamento.

Levando todas as informações mencionadas acima em consideração, identifique quais são os impostos incidentes sobre a sua empresa. Alguns setores têm alíquotas específicas, então não esqueça de descobrir se esse é o caso do seu produto ou serviço. Com base nisso, calcule mensalmente os tributos devidos.

É importante manter-se sempre atualizado, porque mudanças nas alíquotas acontecem a todo momento, o que poderá provocar grandes alterações nos cálculos. Os impostos que incidem sobre o faturamento serão deduzidos da sua receita bruta, e os incidentes sobre a folha salarial são considerados custos.

A partir daí, mantenha uma agenda de pagamentos sempre atualizada e acompanhe-a diariamente para não atrasar nenhuma obrigação. Se fizer tudo isso, sua empresa estará sempre legalizada e não terá problema em fiscalizações.

Você vai se interessar por:

Consultoria é recomendada para casos complexos

Fazer um bom planejamento tributário é uma tarefa complexa, principalmente em empresas que trabalham com mais de um tipo de serviço ou produto. Pode haver um desconto aqui, uma taxa ali, e é muito comum que ocorram divergências sobre a interpretação da legislação.

Equívocos no planejamento tributário podem culminar em pesadas multas sobre a sua empresa, ou até oportunidades perdidas. Afinal, seu negócio pode estar deixando de receber algum incentivo que você sequer sabia que existia.

Essa complexidade do leque de impostos que incide sobre as empresas brasileiras torna o investimento em consultorias na área tributária recomendado. Assim, você terá especialistas muito bem informados, que ajudarão você a chegar ao cálculo base e a minimizar a chance de erros na apuração.

 

Gostou das nossas dicas sobre como fazer planejamento tributário de uma empresa? Então, compartilhe o artigo nas redes sociais. Se restou alguma dúvida, deixe um comentário.

como parcelar dívida ativa do IPVA
como abrir uma microcervejaria
composição da carga tributária
Eles sabem como tornar o dia mais produtivo
Meu sócio me roubou, o que fazer?