Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como estimar o faturamento mensal de uma empresa

A- A+

No mundo dos negócios, a intuição pode até ser uma característica valiosa, mas, sozinha, raramente vai culminar em boas decisões. É preciso analisar o que os números mostram, principalmente na hora de estimar o faturamento mensal de uma empresa.

Afinal, mesmo comerciantes de pequenos negócios que, sem consultar nenhuma planilha, sabem responder com uma precisão surpreendente quanto vão faturar em determinado mês do ano, estão escaneando, na sua cabeça, os resultados de exercícios anteriores.

Calculando faturamento mensal de uma empresa

Estimar o faturamento é vital para planejar investimentos com responsabilidade. Foto: iStock, Getty Images

Para uma margem de segurança maior, recomenda-se manter os registros sempre bem atualizados e organizados.

Assim, é possível estimar com mais facilidade qual será o faturamento mensal de uma empresa pelos próximos períodos, o que é fundamental para planejar investimentos, seja na estrutura física, nos recursos humanos, nas ações de marketing ou no desenvolvimento de produtos.

Como estimar o faturamento mensal de uma empresa

Para estimar o faturamento mensal de uma empresa, é necessário fazer uma projeção de vendas. Ou seja, prever, individualmente, quanto será vendido de cada produto ou serviço, multiplicando as previsões pelo preço de venda.

Uma empresa já estabelecida, que pratica o seu controle de caixa há tempos, vai se basear nas curvas de venda para fazer as suas estimativas. Se a empresa tem um setor de vendas, é recomendável envolvê-lo no processo – mas tenha sempre posse das informações, para não ficar refém dos vendedores, que podem deixar a empresa cedo ou tarde.

Se a empresa é nova ou ainda nem saiu do papel, a estimativa de faturamento é um grande desafio, e precisa constar no plano de negócios. A previsão vai ter sempre um considerável grau de subjetividade, mas o empreendedor precisa se cercar do maior número de estatísticas e informações possível para basear suas expectativas.

Outra dica é manter um bom relacionamento com empresários experientes no ramo em que você está começando, e entender, com eles, o que é possível esperar.

Caso a sua empresa já esteja há um certo tempo no mercado mas você nunca fez um bom controle de receitas, não cometa mais este erro. Crie uma planilha no Excel ou adquira um software de gestão (há muitas opções gratuitas), que facilita e agiliza o trabalho. Em estabelecimentos com muitas vendas diárias, o ideal é ter um sistema integrado com o controle do caixa.

Não esqueça de considerar fatores externos

Quem tem à disposição um gráfico com a progressão das vendas em anos anteriores conseguirá visualizar com facilidade quais são os meses de maior e menor volume de vendas. Assim, a previsão de faturamento mensal de uma empresa será fiel à sazonalidade do comércio.

Mas há outros fatores que podem interferir nas vendas e que, muitas vezes, estão fora do seu controle. O mercado e os consumidores mudam, pode surgir um concorrente forte, uma tecnologia disruptiva, uma crise, oscilação cambial… Há muitos possíveis motivos para abalar as vendas.

Já que não é possível controlar estes fatores, a chave é aprender a reagir a eles, em vez de optar pela inércia. O ponto é que, na previsão do faturamento mensal de uma empresa, é necessário ser realista e tentar imaginar como a conjuntura socioeconômica pode influenciar (positiva ou negativamente) os cenários futuros.

Você vai se interessar por:

Você também tem uma boa dica sobre a estimativa de faturamento? Deixe seu comentário.

como montar uma empresa de cromagem
como lucrar vendendo bolo no pote
como lucrar na crise
lado bom da crise
índice de confiança do empresário do comércio
como abrir uma microcervejaria