Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Descubra em quais meios as operações bancárias estão disponíveis

A- A+

De acordo com pesquisa encomendada pela SAP América Latina para a consultoria The Economist, a previsão é que, em 2019, cerca de 48% das operações bancárias sejam feitas online. Dessas, 56% devem ser realizadas por meio de smartphones ou tablets.

Atualmente, as operações bancárias online representam apenas 36% das transações no mundo. Na América Latina, esse número cai para 27%.

Você vai se interessar por:
É título ou convênio? Entenda a diferença entre contas
Descubra o que é CDI, o Certificado de Depósito Interbancário
Conheça operações restritas ao horário de funcionamento dos bancos

Os números da previsão refletem a transição de um hábito. Antes acostumadas a irem ao banco realizar suas transações, as pessoas já começaram a perceber as vantagens e comodidade de fazer suas operações bancárias pela web ou aplicativos.

seudinheiro-Operacoes-bancarias

Nas agências, os clientes podem realizar todas as operações bancárias. Foto: iStock, by Getty Images

Operações bancárias: canais tradicionais

Mas, apesar das estatísticas, os canais tradicionais, como agências e caixas automáticos, devem continuar exercendo suas funções, conforme explica Tonatiuh Barradas, vice-presidente da SAP América Latina. “Personalização e inovação são fatores importantes para a retenção dos clientes”, afirma. “Então, ao pensar na abertura de canais online, é importante levar em conta a infraestrutura necessária para tirar proveito de todas as informações de valor que essas operações oferecerão para fidelizar os clientes”, relata.

As agências são, assim, o principal canal de relacionamento direto entre cliente e o banco. Nas agências, os clientes podem realizar todas as operações bancárias, como saques, depósitos, pagamentos de contas sem código de barra ou identificação numérica (alguns impostos e taxas), transferências e abertura de contas e poupança. Eles podem ser ainda atendidos pelo gerente bancário ou profissionais especializados e receber dicas de produtos e serviços, como investimentos, por exemplo.

Os caixas automáticos também são importantes canais de relacionamento entre cliente e banco. Espalhados em locais estratégicos, eles evitam que o correntista precise ir até uma agência para realizar saques, consultas, pagamentos com código de barra ou linha de identificação numérica, transferências e até alguns tipos de investimentos. Caixas localizados nas próprias agências também permitem a realização de depósitos (em dinheiro ou cheque) e a emissão de cheques.

No caso de depósitos em dinheiro realizados nos caixas automáticos, eles só entram na conta depois de efetuada a conferência. No caso de depósitos em dinheiro na “boca do caixa”, nas agências, o valor entra imediatamente na conta corrente.

Outro canal tradicional são os correspondentes bancários, empresas que atuam como agente intermediário entre os clientes e as instituições bancárias. Eles são um canal alternativo para a contratação de produtos e serviços dos bancos.

Essas empresas são autorizadas a operaram pelo Banco Central e podem realizar uma série de operações bancárias como: abertura de contas ou poupança; recebimento de pagamentos, aplicações e resgates em fundos de investimento; ordens de pagamento; solicitação de cartões de crédito etc.

Operações bancárias: internet banking e aplicativos

Os canais online como internet banking e aplicativos para dispositivos móveis funcionam como uma espécie de caixa automático. Por meio deles, o usuário pode checar saldos, fazer transferências bancárias (DOC ou TED), pagar contas com código de barra ou identificação numérica e realizar aplicações financeiras.

Entre as principais limitações desses canais estão a impossibilidade de realização de saques e depósitos e emissão de folhas de cheque, por exemplo. Pagamentos sem código de barra ou identificação numérica também não são feitos por esses canais, tendo que ser realizados nas agências, diretamente na “boca do caixa”.

Tarifas em bônus

Uma forma de economizar em tarifas bancárias é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas de operações bancárias ? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade