Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como aproveitar os simuladores de crédito

A- A+

Hoje em dia, o consumidor que precisa de empréstimo pode contar uma ferramenta que facilita demais a comparação entre os bancos. Os simuladores de crédito, além de pouparem tempo, também trazem informações úteis para barganhar com o gerente do seu banco, se for necessário.

Conforme a associação de consumidores Proteste, o Brasil é um dos países onde mais se utiliza crédito para pessoas físicas. A entidade afirma que o financiamento de compras em longas prestações ou mesmo o empréstimo de valores em dinheiro atrai cada vez mais os brasileiros.

simuladores-de-credito

Comparação entre os bancos pode ser feita de maneira simples. Foto: iStock, by Getty Images

 

Como usa os simuladores de crédito

Os uso dos simuladores de crédito via internet é fácil, uma vez que o próprio site vai solicitando as informações por etapas. Via de regra, você vai inserindo as informações à medida que o próprio site vai solicitando. Sempre que pula para uma nova etapa, ele pode novos dados, como valor desejado e período para pagamento.

Ao final, os simuladores de crédito fazem um cálculo de quanto você pagaria caso o empréstimo fosse concedido na data. Hoje, praticamente todos os bancos contam com este ferramenta em seus sites. Alguns dos principais deles são a Caixa, o Banco do Brasil, o Bradesco, o Itaú e o HSBC.

Compare os simulares de crédito

Mesmo com os softwares que fazem os cálculos por você, ainda é necessário algum conhecimento para fazer a melhor escolha do banco ou instituição financeira. Há dados que são apresentados pelos simuladores de crédito mas que os clientes, geralmente, não prestam atenção.

O primeiro item a avaliar nos simuladores de crédito é o prazo de pagamento. O ideal, segundo a Proteste, é que seja o menor possível para que o consumidor não pague boa parte do valor somente em juros. Entretanto, é indicado pagar uma parcela que seja adequada ao bolso do tomador de crédito.

Embora muitos consumidores prestem atenção somente às taxas de juros, é fundamental avaliar, sempre, o Custo Efetivo Total (CET). Esse custo inclui não somente os juros, mas todos os custos que engordam o valor das parcelas, como Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e Taxa de Abertura de Crédito (que normalmente corresponde a um percentual sobre o valor emprestado).

A Proteste enfatiza que, quem não leva em conta o CET, pode arcar com um valor muito maior que o esperado. A entidade constatou que, ainda que não atrase nenhuma parcela, ao final o tomador de crédito pode pagar até quatro vezes mais que o valor emprestado, dependendo do CET. Esse alerta não é repassado nos simuladores de crédito. Outra dica da entidade é fugir das financeiras, pois seus juros são muito maiores que dos bancos.

Crédito Antecipado Voz

É importante saber pequenos valores podem fazer a diferença nas suas finanças. Naquele mês em que ainda não chegou ao fim mas seu salário já se foi, ferramentas como o Vivo Crédito Antecipado Voz podem ser uma solução. Com ele, é possível receber R$ 3 em crédito de forma imediata. O valor é descontado, de forma automática, da sua próxima recarga. Assim você não fica sem falar.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

Gostou das dicas para simuladores de crédito? Deixe seu comentário.

Empréstimo ou financiamento
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
não consigo pegar empréstimo
não consigo pagar financiamento veículo