Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba como acabar com as dívidas e conseguir planejar o futuro

A- A+

Seu extrato bancário denuncia que a situação financeira não é das melhores, você quebra a cabeça tentando encontrar soluções, perde o sono, mas não faz ideia de como acabar com as dívidas. Esse é mesmo um desafio, mas ele pode ser vencido – embora não seja um caminho fácil para todos.

No Brasil, o número de débitos regularizados caiu pela sétima vez consecutiva e alcançou um recuo de 7,86% em agosto, quando comparados os dados do mesmo período do ano passado. As informações são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e indicam que saber como acabar com as dívidas pode ser tarefa das mais difíceis.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os números refletem as dificuldades causadas pelo cenário de recessão econômica e a alta da inflação. Entre os consumidores, o desafio é manter as finanças em equilíbrio, mesmo com o poder de compra reduzido.

É importante saber como acabar com as dívidas.

Ter um controle sobre todas as despesas ajuda a colocar as contas em dia. Foto: iStock, Getty Images

Como acabar com as dívidas

A dívida pode ser resultado de uma razão específica e pontual, como a perda de emprego ou uma emergência médica, por exemplo. O problema é quando ela passa a fazer parte da rotina e o controle do orçamento deixa de ser praticado, se perdendo pelo caminho.

Quando isso acontece, você sabe como acabar com as dívidas? Embora o primeiro impulso de muita gente seja ir em busca de um empréstimo junto ao banco, essa não é a melhor saída, alerta Ana Paula Pavanatti, educadora, terapeuta e assessora financeira da Reorg Gestão Financeira.

“Você deve sempre tentar negociar com o credor, pois a empresa quer receber. Se o devedor estiver disposto e comprometido em pagar, com certeza, ambos saem felizes nessa negociação”, argumenta.

Mas para isso, é preciso conhecer o seu orçamento e os limites que ele oferece. Afinal, não adianta fazer uma proposta que você não pode cumprir. Caso não tenha o hábito de anotar todos os gastos, a alternativa é ir até o banco e tirar um extrato completo dos últimos meses.

Ao analisar os números, procure identificar a quantia de dinheiro comprometida em cada área, especialmente naquelas que não são essenciais. Além de traçar uma proposta para o credor, esse também é o momento de buscar chances de diminuir os gastos e acelerar o processo de pagamento de tudo que está em atraso.

Disciplina vai além do fim das dívidas

Uma vez com as dívidas quitadas, você deu o primeiro passo para manter o equilíbrio financeiro e pode planejar o seu futuro – e é aqui que muitos se perdem. É preciso estar disposto a deixar para trás os comportamentos que o levaram até a situação de instabilidade.

A dica é definir objetivos específicos, capazes de manter você motivado. Pode ser uma viagem com os filhos, trocar de carro ou mesmo várias metas menores. O importante é saber aonde você quer chegar e de quanto tempo precisa para isso.

Com a mudança de hábito, em pouco tempo, poupar vai ser algo natural, adotado sempre que você faz uma nova compra, resolve viajar ou vai ao supermercado. Quem agradece é o seu bolso.

Você vai se interessar por:

Conheça os tipos de dívidas mais comuns e cuide das suas finanças

Entenda como funciona a amortização de uma dívida

Vender carro com dívidas é saída para amenizar drama financeiro

Crédito emergencial ao seu alcance

Se a dificuldade financeira atrapalha até mesmo operações básicas do dia a dia, como a sua comunicação, é possível contar com um serviço que garante o saldo no celular. Com o Vivo Crédito Antecipado Voz você pode solicitar uma recarga emergencial de R$ 3 para falar e enviar SMS para todo o Brasil. O valor é descontado automaticamente da sua próxima recarga ou da fatura da sua conta Controle.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

E você, tem alguma dica sobre como acabar com as dívidas? Compartilhe!

como aprender com erros de finanças
como lidar com a ganância
melhor lugar para trabalhar
pegar empréstimo e não pagar
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Como organizar a vida financeira de uma empresa