Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saber o que é volatilidade no mercado de ações ajuda a investir

A- A+

Quando se fala em investimentos, quanto maior o risco assumido, maior é a possibilidade de ganho, certo? Essa máxima está na cartilha de todos os investidores experientes, mas para usá-la de forma eficiente, é importante estar atento a conceitos desse mercado. Por exemplo, saber o que é volatilidade no mercado de ações permite corrigir estratégias para aumentar chance de rentabilidade.

Entendendo o que é volatilidade no mercado de ações

Quanto maior a volatilidade da ação, maior também é o risco para o investidor. Foto: iStock, Getty Images

O que é volatilidade no mercado de ações

Mas afinal, o que é volatilidade no mercado de ações? Por definição, é um índice que aponta a intensidade e a frequência das oscilações no preço de um ativo durante um determinado período.

Ao conhecer a volatilidade, é possível mensurar dados e estimativas para a faixa de preços em que um ativo poderá oscilar no futuro. Para entender melhor, é válido recorrer a um exemplo prático. Confira:

Considere que o ativo X tem uma volatilidade anual de 30% e um preço atual de R$ 50. Ao aplicar esse percentual, podemos concluir que, durante 12 meses, esse ativo poderá ter seu preço avaliado de uma faixa de R$ 35 (na avaliação mais baixa possível) a R$ 65 (índice mais alto de valorização dentro do percentual de volatilidade).

Entretanto, outros ativos podem ter percentuais maiores de volatilidade, o que pode resultar em mais ganhos ou mais perdas. Veja mais um exemplo:

Digamos que o ativo Y tenha o mesmo valor de R$ 50 do ativo X, mas sua volatilidade seja de 50%. No caso de ganho máximo, o rendimento pode chegar a R$ 75. Do outro lado dessa conta, uma perda de valor do ativo pode reduzir o investimento para R$ 25.

O que fica claro é o seguinte: quanto maior a volatilidade, maior será a intensidade e frequência das oscilações do preço de um ativo e, por consequência, maior será o risco.

Com isso, o investidor deve ficar atento ao período de investimento nos ativos, pois empresas de maior volatilidade podem passar por verdadeiras montanhas russas em seus índices de valorização e de desvalorização. Da mesma forma em que é possível ter ganhos de alta expressividade em poucos dias, o investidor também está sujeito a perdas massivas no mesmo período de tempo.

Empresas de menor volatilidade oferecem menos riscos deste tipo, mas os ganhos também não são tão expressivos. A escolha fica por conta do investidor.

Outra observação interessante é que os índices de volatilidade de um ativo podem variar dependendo do tempo estimado de investimento. Uma empresa pode ter um percentual definido para um período de 12 meses, mas outro estabelecido para seis meses, por exemplo.

Como saber o índice de volatilidade dos ativos

Para se informar sobre o índice de volatilidade dos ativos, os passos são bem simples. Só é preciso acessar o site da BM&FBovespa, entrando no menu Mercados e selecionando a opção Ações. Na sequência, através do menu lateral esquerdo, acesse a parte de Consultas e, em seguida, o campo Volatilidade dos Ativos.

Esta parte do site é aberta para o público e basta digitar nela o nome do ativo desejado no campo que se abre após selecionar a opção Volatilidade dos Ativos.

Além disso, o usuário pode escolher o tempo de investimento e a volatilidade para esse período. Após, basta clicar em Buscar e a informação será exibida. Também é possível ver os rankings de volatilidade de todos os ativos listados na Bovespa.

Para investidores iniciantes, a dica é aproveitar ações menos voláteis, com menor risco. Mas é importante saber que momentos de maior instabilidade do mercado resultam em maior volatilidade dos ativos. Portanto, a dica é sempre avaliar bem as opções antes de investir.

Você vai se interessar por:

Segurança para você e sua família

Mais do que estar com suas finanças protegidas, manter a segurança da sua família é a melhor dica. Com o Seguro de Vida Plus, você protege seus beneficiários em caso de morte e morte acidental e ainda conta com auxílio funeral. Entre em contato com Central de Relacionamento – Parceria Seguros Vivo e contrate o seu.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

Gostou de saber o que é volatilidade no mercado de ações? Compartilhe as dicas!

O controle financeiro pessoal e o futebol
Taxa para investir em ações
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images
Passo a passo para planejar financeiramente a gravidez