Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Rendimento do Tesouro Direto em alta em 2016; entenda as razões

A- A+

Quem não está muito por dentro do mundo dos investimentos, pode ficar um pouco espantado com o rendimento do Tesouro Direto nos primeiros meses de 2016. Afinal, os balanços divulgados têm mostrado números expressivos.

Os dados referentes a abril, por exemplo, indicam crescimento da rentabilidade em quase todas as modalidades. Destaque para as acumuladas dos títulos Tesouro Prefixado 2023 e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027, que registraram variação de, respectivamente, 6,51% e 6,52% no mês.

Já no que se refere à rentabilidade acumulada em doze meses, o título Tesouro IPCA+ 2019, com alta de 17,18%, foi o que apresentou os melhores números. Mas por que será que essa modalidade prefixada tem se mostrado tão rentável?

Acompanhando o rendimento do Tesouro Direto

Tesouro Direto é uma das melhores alternativas ao aliar segura e boa rentabilidade. Foto: iStock, Getty Images

O que explica a alta no rendimento do Tesouro Direto

A equação é simples. O rendimento do Tesouro Direto está sendo considerado alto neste ano porque a taxa de juros também está acima da média. Além disso, é preciso considerar que a inflação também está elevada atualmente.

Como os títulos do Tesouro Direto são atrelados direta e indiretamente à Selic ou à inflação (IPCA), é natural que aumentem a sua rentabilidade nesse cenário, explica o coach financeiro Bruno Papi, fundador da empresa General Investidor.

“Inclusive os títulos prefixados que refletem a expectativa do mercado de valores sobre a taxa de juros estão com rentabilidade alta, o que demonstra uma tendência”, completa.

Ele diz ainda que o mercado acredita que a taxa de juros se manterá alta por um bom tempo, o que significa dizer que os títulos prefixados vão possuir um valor maior.

Aproveite o bom momento

Se você também quer aproveitar o bom rendimento do Tesouro Direto e investir, basta se cadastrar no site oficial, através de uma corretora de valores, e possuir um CPF válido, já que os títulos ficam vinculados a esse documento.

Depois de cadastrado, é preciso escolher os títulos que deseja adquirir e disponibilizar o valor suficiente para realizar a compra na conta da corretora que fará os demais trâmites da operação.

No entanto, fique atento: os títulos do Tesouro Direto possuem vencimento e é preciso respeitar esses prazos. “O investidor pode consultar as datas antes de adquirir o título. Isso deve ser levado em conta na tomada de decisão”, lembra Papi.

Em caso de venda antecipada, o que é permitido, você ficará sujeito a oscilações de preços, podendo obter um rendimento maior ou menor que o esperado ao final do prazo.

A garantia de rendimento do Tesouro Direto ocorre apenas na data de vencimento e saber disso é essencial para investir nessa modalidade, principalmente para quem busca segurança nas suas aplicações.

Você vai se interessar por:

Proteja sua família e concorra a prêmios

Independentemente do tipo de investimento realizado, o melhor custo-benefício é o bem-estar da sua família. Com o Seguro Premiado Vivo, você garante a proteção dos seus entes queridos e ainda concorre a prêmios no valor de R$ 2.500 por dia. Para participar, basta enviar a palavra SEGP para 8051.

> Seguro Premiado Vivo: Proteja a sua família e concorra a prêmios

Este artigo foi útil para você? Compartilhe as dicas!

Viajar ou comprar um carro
O que são commodities
Exemplo de bearish engulfing
Lendo sobre investimentos financeiros para iniciantes
O que são fundos off-shore
Eles atuam como formador de mercado