Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

As finanças tiram o seu sono? Entenda como o reiki pode ajudar

A- A+

É de conhecimento popular que o estresse pode ser um gatilho para o desenvolvimento de uma série de doenças. Também não é novidade que ele surge em momentos de dificuldades e de muita tensão. Você sofre de insônia em razão do aperto financeiro? Nessas situações, recorrer à terapias complementares como o reiki pode ser uma maneira de restabelecer a mente e o espírito.

As fundamentações do reiki

Redescoberto pelo Dr. Mikao Usui, o reiki é uma técnica japonesa que utiliza a imposição de mãos. O termo redescobrimento é usado em função da crença de que essa técnica de transmissão energética já existia antes de Usui. Ele, como estudioso de antigos manuscritos e da vida de Jesus Cristo e Buda, teria sido encarregado de renovar a prática e estendê-la às futuras gerações.

O Reiki pode ser visto como uma terapia complementar para o alívio das tensões.

Baixa vibração energética pode atrapalhar quem enfrenta dificuldades financeiras. Foto: iStock, Getty Images

Quem explica isso é a mestre de reiki, Cintia Kupssinskü. “O termo é formado por duas expressões. O Rei significa a energia universal e o Ki a energia do nosso corpo. Reiki é, portanto, a união da energia universal com o corpo físico”, explica. Ela diz ainda que trata-se de uma condução de energia de luz através do campo eletromagnético que existe ao redor do corpo, a aura.

Para a auto-aplicação ou aplicar em alguém, é preciso que a pessoa tenha passado por um curso e seja iniciado por um mestre em reiki. “A técnica em dividida em quatro níveis. No primeiro, aprende-se a origem, os benefícios e a autoaplicação. No segundo, é trabalhada a capacidade de percepção e a sensibilidade, além da aplicação em terceiros”, relata a mestre.

No terceiro nível, segundo Cintia, amplia-se ainda mais a capacidade do reikiano. Ele se torna habilitado a fazer limpezas profundas, enviar energia à distância para outras pessoas e seres e ainda é capaz de promover o alcance de metas e objetivos. O último nível, chamado de 3-B, é quando o aprendiz ganha a habilitação para ensinar e iniciar novas pessoas na técnica.

Como o reiki pode ajudar você

O reiki pode ser visto como uma terapia complementar. “Um dos benefícios é a paz interior. Ele promove calma, a tranquilidade e, com isso, o alívio das tensões. Por alinhar o campo eletromagnético e equilibrar a nossa energia, o benefício é instantâneo”, explica Cintia. E é esse equilíbrio interior que pode lhe ajudar nas áreas da sua vida que não andam tão bem.

Dificuldades financeiras podem, de certa forma, ser amenizadas com a técnica. “No momento que estamos equilibrados, com nossos campos em fluidez com o Universo, estamos aptos a receber o que há de melhor. Uma pessoa em baixa vibração energética terá muita dificuldade para reverter esse quadro financeiro, pois nem mesmo ela acredita na possibilidade de sucesso”, expõe.

Você vai se interessar por:

Cidades de SP e SC dominam lista de qualidade de vida

Trabalhar em casa tem vantagens financeiras e de bem-estar

Foco no bem-estar é essencial também no ambiente profissional

Cada sessão de reiki dura uma hora, em média e conta somente com a utilização das mãos do terapeuta. A técnica é sempre aplicada com o cliente vestido, geralmente deitado em uma maca, com lençóis limpos, música ambiente e luz indireta incidindo sobre a sala. A pessoa que irá receber a energia também pode estar sentada ou em pé, mas não é tão usual, segundo Cintia.

As sessões são pagas. Nem todos os reikianos utilizam o dinheiro como moeda de troca, mas o Dr. Mikao Usui sugere que o reiki só age corretamente quando há uma troca real de energia entre quem aplica e quem recebe. “Esta troca poderá ser feita através de um valor em dinheiro definido pelo profissional”, indica a especialista.

Cintia Kupssinskü sugere ainda o cuidado com a escolha do profissional. Segundo ela, é importante buscar algum tipo de referência, como a indicação de alguém de sua confiança. A mestre sugere ainda conversar com o profissional antes do início da primeira sessão, para estabelecer necessidades e intenções.

 

Este artigo fez você lembrar de alguém? Compartilhe!

como lidar com a avareza
Novo celular chinês
Comparativo de celulares ajuda a escolher
Homem avalia comprar iPhone 5S usado
Homem comunica IMEI bloqueado
Jovem preocupada com Carrier IQ