Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Reduzindo riscos: 5 cuidados ao comprar um carregador de notebook

A- A+

A decisão de comprar um carregador de notebook pode ser motivada por diversos fatores. De um defeito na fiação à perda do utensílio, passando pelo desejo de ter uma fonte em casa e outra no trabalho, são várias as possíveis razões.

Só que a escolha do equipamento exige cuidados. Entenda, neste artigo, o que você deve levar em consideração na hora de pesquisar os dispositivos e comparar os modelos.

Homem conecta carregador de notebook

Usuário deve optar por carregador original, da mesma marca do notebook. Foto: iStock, Getty Images

Como escolher um carregador de notebook

Selecionamos os cinco principais critérios aos quais você deve ficar atento na hora de comprar um carregador de notebook. Confira:

1. Pino

O pino do carregador de notebook que você irá comprar deve ser exatamente igual ao antigo. Para evitar erros, a dica é levar o aparelho à loja e testar na hora. Entre os modelos de conectores à disposição no mercado, veja na tabela abaixo quais são os principais.

Tipo de plug Diâmetro externo (mm) Diâmetro interno (mm)
Plug 1 7.4 5.0
Plug 1 octogonal 7.4 5.0
Plug 2 4.8 1.7
Plug 3 5.5 2.5
Plug 4 5.5 1.7
Plug 5 4.2 1.6
Plug 6 7.9 5.5
Plug 7 6.5 4.4
Plug 8 6.3 3.0
Plug 9 6.6 4.0
Plug 11 2.3 1.0
Plug 12 4.0 1.7
Plug 13 5.5 3.0

2. Tensão

Você deve ficar atento a duas tensões: a de entrada (input) e a de saída (output). A tensão de entrada está relacionada à rede de alimentação, e será especificada entre 100 V ou 240 V. A maior parte dos carregadores de notebook atuais é bivolt. Nesse caso, a descrição na etiqueta do dispositivo trará dizeres como: “Tensão (input): 100 V ~ 240 V”.

A tensão de saída é a que será enviada para a bateria do notebook, depois de convertida pela fonte. É imprescindível que o valor seja exatamente igual ao especificado pelo fabricante. Em geral, os valores variam entre 12 V e  20 V.

3. Corrente elétrica

A corrente elétrica de saída do carregador de notebook deve ser igual ou superior à especificada pelo fabricante. Em geral, os valores variam entre 3 A e 5 A.

4. Potência

A potência é encontrada quando multiplica-se o valor da tensão pelo valor da corrente. Nesse caso, também é importante que a potência seja pelo menos igual (pode ser um pouco superior) ao que foi descrito pela marca.

5. Segurança

Finalmente, é preciso ficar atento à qualidade do produto. A recomendação é que você priorize sempre os carregadores originais, da mesma marca do seu notebook.

Se isso for impossível, desconfie dos produtos muito baratos ou que não possuam selo de qualidade comprovada. Nunca adquira carregadores que não tenham sido homologados por órgãos responsáveis ou sejam conhecidos por falhas anteriores.

Você vai se interessar por:

Carregador de notebook errado pode provocar danos

O principal risco de escolher um carregador de notebook cujas especificações não condizem com as descritas pelo fabricante é reduzir o desempenho do aparelho e a vida útil da bateria.

Um carregador com tensão de saída diferente ou corrente elétrica inferior ao descrito no manual e na etiqueta do dispositivo provoca um desgaste da bateria, que precisará de cargas cada vez mais frequentes.

Além disso, carregadores com especificações diferentes e de marcas alternativas implicam na perda da garantia, o que pode ser problemático caso surja um defeito e você precise acionar uma assistência autorizada. Nessas horas, prevenir – nem que seja pagando mais caro – é melhor do que remediar.

 

Também tem alguma dica para evitar problemas ao comprar um carregador de notebook? Comente!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple