Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Redes sociais podem impulsionar as empreendedoras brasileiras

A- A+

Ocupantes da lista de redes sociais mais utilizadas do mundo, Facebook e Instagram se unem em prol de uma causa: dar espaço e voz à mulher. Em um projeto intitulado #ElaFazHistória, querem motivar e impulsionar o trabalho das empreendedoras brasileiras, reforçando um movimento já forte nas redes e nos grupos ativistas, que busca o empoderamento feminino.

Uma das empreendedoras brasileiras

Mulheres com sucesso em seus negócios são fonte de inspiração na campanha. Foto: iStock, Getty Images

Destaque às empreendedoras brasileiras

“Quando ela vence, todo mundo ganha. Quando elas se saem bem, a economia avança”, diz a página oficial da campanha que pretende dar destaque às empreendedoras brasileiras. A companhia Facebook, através da rede social homônima e do Instagram, é a responsável pela criação desse projeto que busca fazer movimento dentro e fora da internet.

A campanha, além de celebrar as mulheres que criam, gerenciam e lideram negócios no Brasil, ainda vai disponibilizar recursos para capacitar e inspirar aquelas que pretendem seguir os mesmos passos. Para o projeto, a próxima empreendedora de sucesso pode ser qualquer uma. Até mesmo você. Basta que existam oportunidades.  

O #ElaFazHistória é um projeto que vai oferecer oficinas para melhorar as condições dos negócios que são conduzidos por mulheres. Com as capacitações, o objetivo é permitir que as empreendedoras brasileiras comecem a abrir negócios por oportunidades e não por necessidade, já que esse pode ser o caminho para a igualdade de gêneros no mercado de trabalho.

Além disso, o programa também pretende incentivar a regularização da situação das quase 22 milhões de empreendedoras brasileiras que, segundo a Rede Mulher Empreendedora, ainda estão em situação de informalidade no país.

Outro braço da iniciativa deve ser voltado às ferramentas digitais. Ensinando a criar páginas, formar público, produzir as publicações da forma mais interessante, impulsionar o conteúdo para que atinja a maior quantidade de pessoas possível e utilizar as métricas corretamente, Facebook e Instagram pretendem inserir as empreendedoras no mercado online.

A ideia é, ainda, publicar histórias de empreendedoras brasileiras de sucesso, como inspiração para as mulheres que estão passando pela mesma situação.

Os parceiros da campanha

Facebook e Instagram não são, porém, os únicos componentes dessa ideia. Unidos ao #ElaFazHistória, estão a Organização das Nações Unidas (ONU), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Organizações Não-Governamentais (ONGs), como a Think Olga, que se dedica ao empoderamento feminino através da informação.

A revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios deve ser outra das parceiras do projeto, através da organização e entrega de um prêmio para empreendedoras brasileiras de destaque no cenário nacional.

Você vai se interessar por:

Economizar é parte do sonho

Se você tem o sonho empreendedor, deve estar atento às oportunidades de economia. Que tal realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso? Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular – tudo isso sem mensalidade. Se preferir, pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Ficou interessado no projeto que valoriza as empreendedoras brasileiras? Compartilhe o artigo!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria