Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Reconheça uma rede segura e adote dicas de proteção virtual

A- A+

Com o uso crescente dos dispositivos móveis – como smartphones, tablets e notebooks – estar conectado à internet é uma necessidade cada vez maior. Mas como saber quando se está em uma rede segura? Antes de pagar contas, checar e-mails ou trabalhar, melhor conferir algumas dicas.

Os riscos da rede insegura

Nem sempre as pessoas não se importam se estão em uma rede segura ou não. Entretanto, é importante saber que, em uma rede vulnerável, qualquer pessoa que possua o conhecimento e as ferramentas corretas pode ver tudo o que você está fazendo. Isso inclui os documentos que você trabalha, os sites visitados e os nomes de usuário e senha que você utiliza.

Se alguém lembra do filme “Eu vi o que você fez… e eu sei quem você é” trata-se de algo semelhante. Mas nesse caso, o espião virtual realmente sabe. Principalmente quando você trabalha com informações confidenciais de empresas, o cuidado deve ser redobrado durante a conexão.

Mulher utilizando rede segura.

Fique atento a redes que não exigem senha, como as oferecidas em aeroportos. Foto: iStock, Getty Images

Saiba reconhecer uma rede segura

Wi-fi público

As redes de wi-fi abertas – como as que encontramos em aeroportos ou lanchonetes – não costumam ser seguras. O ideal é conectar-se apenas quando elas exigem uma senha ou outro recurso de segurança, como um certificado. Nesse caso, as informações que você envia serão criptografadas, protegendo seus dados de acessos não autorizados.

Reconheça os símbolos

Quando você identifica uma rede sem fio disponível pelo notebook, o ícone de um escudo amarelo significa que a rede é segura. No smartphone ou tablet, você identifica a segurança pelo ícone de um cadeado.

Precauções

Antes de se conectar a uma rede pública, procure ler a declaração de privacidade com calma, até que entenda quais arquivos serão salvos e que tipo de informações serão coletadas pelo provedor da rede.

Torne a sua rede segura

Além de ter um cuidado com a conexão wi-fi que você usa fora de casa, também é importante tomar alguns cuidados com sua rede doméstica. Não são raros os casos dos vizinhos que tentar surrupiar a sua internet. Mas o problema maior, sem dúvida, ainda é a invasão e acesso aos seus dados.

Senha

É sempre fundamental ter um senha de acesso, para que sua rede não fique desprotegida. Para garantir a segurança dos dados, dê preferência à encriptação do tipo WPA e WPA2 na hora de configurar o roteador.

Nome da rede

Via de regra, o nome que fica visível na hora que alguém está procurando uma rede é equivalente ao modelo do roteador ou seu fabricante. Isso dá margem a um bom conhecedor para buscar as formas de acesso ao seu wi-fi. Portanto, a dica é mudar o nome.

Lista branca

Sim, muitos dispositivos conectados simultaneamente podem deixar sua internet mais lenta. Você pode configurar, no roteador, uma lista de endereços MAC, especificando os dispositivos autorizados. Pode também deixar um espaço para visitas. Assim, terá controle total.

Você vai se interessar por:

Proteção para o seu celular

Se o celular é indispensável para você, que tal cuidar melhor dele? Você pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu aparelho. O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular. Você também concorre a sorteios mensais de R$ 10 mil.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Gostou das dicas para conectar-se em uma rede segura? Compartilhe!

queda do dólar
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
como lidar com a avareza