Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quitação antecipada de dívida nem sempre vale a pena

A- A+

Sabe quando surge um dinheiro extra, inesperado e logo você pensa em fazer a quitação antecipada daquele financiamento que ainda vai durar anos? Sair das dívidas é sempre bom, mas cada situação deve ser estudada. Acredite: nem sempre vale a pena.

Nem sempre a quitação antecipada vale a pena.

Cálculos são essenciais para concluir ou não pela quitação do financiamento. Foto: iStock, Getty Images

O que considerar na quitação antecipada

Conforme a consultora Ana Paula Pavanatti, da Reorg Gestão Financeira, alguns pontos devem ser observados antes de optar pela quitação antecipada. Confira três deles:

1. Faça os cálculos

Nem sempre você conseguirá calcular sozinho. Na maioria das vezes, o cliente tem que procurar a instituição de empréstimo para solicitar essa informação, pois depende muito da taxa efetivada da época, taxa administrativa e o saldo devedor do contrato.

2. Questione o desconto

O desconto não é garantido por quitar a dívida de forma antecipada. Isso depende da quantidade de parcelas que está sendo paga e da taxa de juros efetivada na época.

Normalmente, as primeiras prestações são referente aos juros aplicados no contrato. Você percebe isso quando o parcelamento está chegando ao fim e, na intenção de fazer a quitação antecipada, identifica que o valor permanece o mesmo.

3. Analise a sua situação

Quando o desconto é realmente interessante, vale a pena optar pela quitação antecipada. Mas é preciso estudar se o montante não irá fazer falta no decorrer do tempo.

Pode ser interessante permanecer com as parcelas, já que elas foram feitas com planejamento e não devem atrapalhar seu estilo de vida. Talvez seja mais indicado utilizar esse montante para investir em outros projetos.

Quando recorrer à quitação antecipada

Mas há casos em que a quitação antecipada é mesmo um bom negócio. Veja as dicas da consultora financeira Ana Paula Pavanatti:

– Quando o contrato acompanha a taxa Selic, pois nesses casos há variação de parcelas durante os meses

– Na situação em que o pagamento será realizado com um montante extra. Dessa forma, pode eliminar as parcelas de maior valor que pesam no orçamento mensal

– Quando o consumidor precisa eliminar uma dívida para adquirir uma nova negociação com taxas e valores mais atraentes

Pense antes de se endividar

É sempre bom reforçar que o recomendado é analisar com bastante cautela antes de contrair uma dívida. “Elas devem ser feitas com muito planejamento para que isso não lhe impeça de realizar outros sonhos”, explica Ana Paula. “A pessoa endividada desenvolve muitos problemas emocionais, de relacionamento e de saúde”, lembra a consultora.

Você vai se interessar por:

Entenda como funciona a compra de dívidas de empréstimos

Saiba identificar a hora de pedir dinheiro emprestado

Saiba quando antecipar parcelas de financiamento

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas sobre quitação antecipada? Deixe um comentário.

Empréstimo ou financiamento
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns