Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quer um apartamento para comprar? Veja 7 dicas para não errar

A- A+

Pesquisar e escolher um apartamento para comprar pode se tornar uma tarefa cansativa. Mas não pode ser diferente: como se trata de uma operação demorada, envolvendo valores altos, a responsabilidade pesa demais ao futuro proprietário.

O que é preciso considerar na avaliação do imóvel? Quais são os aspectos principais? E os secundários? Como posso pagar sem comprometer o orçamento? As dúvidas são muitas e comuns, mas com algumas dicas certeiras, você faz um bom negócio.

Casal procura apartamento para comprar

Encontrar uma boa localização do imóvel é primeiro passo para acertar na compra. Foto: iStock, Getty Images

Apartamento para comprar: faça um bom negócio

Para facilitar um pouco sua missão, separamos os passos para você verificar as condições do apartamento e evitar dores de cabeça depois da mudança. Confira:

Localização

Escolher a localização do prédio é um dos fatores mais importantes na compra. De nada adianta encontrar o apartamento perfeito se for distante demais do seu trabalho, da escola dos seus filhos, do supermercado, das lotéricas. Se você não tiver um veículo, pior ainda. Já pensou em pegar dois ônibus para chegar ao trabalho e mais dois para voltar? É arrependimento na certa.

Necessidades

Você precisa analisar se o apartamento que está olhando “dá conta” das suas atividades diárias. Se você tem crianças e lava muita roupa, uma área de serviço pequena não é ideal. Se precisa colocar dois filhos no mesmo quarto, um cômodo muito pequeno também não resolve. Considere a sua rotina e a de sua família.

Garagem

Sempre é importante contar com uma garagem. Se não tiver essa opção, pesquise o valor dos estacionamentos próximos. Mesmo que não tenha carro atualmente, pode ter em um futuro próximo.

Áreas de lazer

Se você não tem crianças, talvez esse não seja o seu foco. Mas se tem ou pretende ter, verifique se há (e quais as condições de) piscinas, playground, quadras de esporte, entre outros. Caso o prédio não disponha desses recursos, verifique se há parques e praças nas redondezas.

Condições do prédio

Os cuidados gerais com o prédio também devem ser observados. Avalie a limpeza, a pintura e questione sobre a manutenção elétrica e hidráulica (como a limpeza de caixa d’água, por exemplo). São itens que geralmente passam despercebidos, mas que podem gerar estresse depois.

Reformas

Há quem prefira os apartamentos antigos em função do maior espaço. No entanto, é preciso avaliar se há necessidade de reformas. Embora sejam quase sempre mais baratos, uma obra pode ultrapassar bastante o valor que você tem em caixa. Se precisar abrir paredes e trocar encanamentos, por exemplo, o custo se multiplica.

Pagamento

Tenha em mente que o financiamento é um processo longo. Com o passar dos anos, sua vida pode mudar muito. Por isso, o melhor é não comprometer mais que 20% da sua renda com as parcelas mensais.

Você vai se interessar por:

Seguro para os seus bens

Se você tem um imóvel, uma boa dica é contratar uma proteção extra. Clientes Vivo podem contratar seguro residencial que garante, entre outras coberturas, amparo contra incêndio, raio e explosão. A apólice garante o pagamento de uma indenização, quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo.

O seguro ainda cobre prejuízos decorrentes de roubo ou furto qualificado, de problemas causados por danos elétricos e Responsabilidade Civil Familiar.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

E aí, já sabe como escolher apartamento para comprar? Compartilhe as dicas!

investir em imóvel na planta vale a pena
crédito para financiar casa própria
inflação do aluguel
investir em imóveis
casa para família numerosa
casa dos sonhos