Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quer passar o Ano Novo no Rio de Janeiro? Conheça custos e se programe

A- A+

Passar o Ano Novo no Rio de Janeiro, assistindo à queima dos fogos de artifício sob os braços abertos do Cristo Redentor, está na lista de desejos de muitos brasileiros e estrangeiros. Para parte deles, porém, o custo desse sonho é inacessível. Será mesmo?

Conforme Flávio Louro, diretor geral da agência E-HTL, um pacote de cinco dias e quatro noites na capital carioca nesse período pode ser adquirido a partir de R$ 880 por pessoa (e parcelado em dez prestações). Essa valor contempla um apartamento duplo, em hotel três estrelas, com café da manhã incluso.

Mas para garantir um valor acessível, o ideal é que os viajantes façam sua reserva com antecedência mínima de 120 dias. Deixar para a última hora não é a melhor solução em termos de custos. Ainda assim, promoções podem ajudar a encontrar um precinho mais camarada.

Fogos de artifícios de ano novo no Rio de Janeiro.

Apesar dos altos preços de uma cidade turística, é possível economizar no Rio. Foto: iStock, Getty Images

Ano Novo no Rio de Janeiro ou em cidades vizinhas

Outra opção bastante viável, conforme explica Louro, é buscar hospedagem em cidades vizinhas, onde é possível encontrar acomodações mais em conta e com disponibilidade. Afinal, achar hotéis vagos no Rio de Janeiro em período festivo é praticamente uma missão impossível.

Se você quer economizar no passeio, planejamento é fundamental. Uma dica do diretor geral da E-HTL é comprar passeios com antecedência em alguma agência de turismo ou site especializado.

“Planejar o roteiro do dia a dia antes de viajar também faz com que os gastos diminuam. Pegar dicas em sites e blogs especializados sobre restaurantes, hotéis e passeios, também ajuda”, sustenta.

Como economizar na Cidade Maravilhosa

Se a ideia é mesmo passar o Ano Novo no Rio de Janeiro, é importante encontrar formas de economizar. Veja cinco dicas:

Transporte

A primeira lição é pensar em deixar o táxi de lado. No Rio de Janeiro – partindo do aeroporto ou da rodoviária – a melhor opção é um ônibus com ar condicionado, conhecido popularmente como “frescão”. Se estiver carregando apenas uma mala, você chega confortavelmente em seu destino.

Hospedagem

Os bairros mais procurados para hospedagem são Ipanema e Leblon. E, por isso, são mais caros. O melhor é buscar hotéis em bairros mais acessíveis, porém próximos ao metrô. Assim você chega rapidinho até esses dois para seus passeios diários. Copacabana, Botafogo e Flamengo são boas opções.

Divida o quarto

Em muitos hotéis, o valor da diária é o mesmo – independentemente de você estar sozinho no quarto ou com mais três pessoas. Por isso, sobretudo em viagens curtas, dividir o apartamento traz uma grande economia.

Estude o destino

Todas as cidades turísticas são caras. E todas elas têm pessoas tentando vender serviços caros e por vezes desnecessários. Por isso, estude bem o destino antes de viajar e faça um roteiro dos lugares que pretende ir. Se possível, compre os ingressos antecipadamente. Essa também é uma forma de ganhar descontos.

Vá de metrô

Embora não cubra toda a cidade, o metrô é um transporte rápido e barato. Os ônibus também funcionam bem, porém são mais indicados para trajetos curtos em função do trânsito.

Você vai se interessar por:

Compare preços de passagens aéreas

Um bom comparador de preços também pode ajudar muito na economia. Com o Vivo Compras, você pode comparar, selecionando os produtos por filtros, e comprar com preços mais acessíveis. Isso só é possível graças a uma parceria entre a Vivo e as melhores marcas do e-commerce. O site oferece desde eletrônicos, artigos de moda e decoração, até brinquedos e viagens.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Gostou das dicas para passar o Ano Novo no Rio de Janeiro? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico