Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quer começar uma vida de freelancer? Confira 3 dicas

A- A+

Se você não abre mão de autonomia para trabalhar e gosta de fazer seus próprios horários, começar uma vida de freelancer pode ser a alternativa ideal para tornar seu ofício mais prazeroso. Mas optar por esse tipo de carreira exige preparação e organização, já que a instabilidade financeira é comum entre os autônomos.

Antes de mergulhar na vida de freelancer, é essencial considerar alguns aspectos para que a transição ocorra com tranquilidade. É preciso estar bem preparado financeira e emocionalmente, com o objetivo de exercer a atividade sem negativar a conta bancária. Não tem a mínima ideia de como fazer isso? Então aproveite algumas dicas.

começar uma vida de freelancer

Trabalhar como freelancer exige planejamento. Foto: iStock, Getty Images

3 dicas para começar uma vida de freelancer

Planejamento é a palavra de ordem para trabalhar por conta própria. Tudo começa antes mesmo de abandonar a vida de assalariado. Confira, a seguir, as três dicas essenciais na hora de iniciar uma carreira freelancer.

  1. Tenha uma boa base financeira

Assim que você considerar a ideia de trabalhar como freelancer, já é importante guardar um dinheiro extra. Principalmente porque, antes de obter lucro, o seu objetivo será firmar parcerias com clientes e ampliar seu networking.

Durante o período de estabilização, é necessário ter o suficiente para se manter até que os serviços prestados se tornem mais lucrativos. Inicialmente, esse “colchão financeiro” será importante para arcar com despesas como telefone e eletricidade, fundamentais para o trabalho.

  1. Saiba calcular o valor da hora de trabalho

Para não entrar em furadas, você precisa saber valorizar o seu serviço da forma adequada. Como? Definindo o valor da sua hora de trabalho. Para fazer isso, é fundamental analisar bem o mercado, olhar para a concorrência e para o seu público-alvo. Assim, é possível estipular um preço justo – tanto para o cliente, quanto para você.

  1. Prepare-se para a instabilidade

A vida de freelancer é repleta de altos e baixos: em um mês você pode realizar vários projetos e ganhar muito bem, no outro ficar sem clientela. Por isso, é sempre interessante guardar ou aplicar parte da renda, para estar prevenido em momentos de instabilidade.

Lembre-se de que, mesmo nos meses em que você tem menos trabalho, as contas e despesas com transporte e plano de saúde, por exemplo, ainda vão existir. Neste contexto, usar os rendimentos de forma inteligente e ter alguma reserva é essencial.

Você vai se interessar por:

Economize sempre

Se você gosta de poupar cada centavo que ganha, pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para começar uma vida de freelancer? Vai colocar essas ideias em prática? Deixe um comentário nos contando.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria