Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Restituição de Imposto de Renda: escolha entre investir e saldar dívidas

A- A+

Receber um dinheiro extra é sempre uma boa notícia, ainda mais para quem enfrenta dificuldades financeiras. A primeira lista de contribuintes que irão receber a restituição de Imposto de Renda saiu em junho e a liberação dos lotes segue até dezembro. Os valores variam de caso a caso e podem ser consultados no site da Receita Federal.

Se você está entre aqueles que receberá parte dos impostos pagos em 2014, essa é uma oportunidade de investir, saldar suas dívidas e tentar sair do vermelho. Confira dicas de investimentos para aproveitar melhor o valor recebido na sua restituição.

valores da restituição de imposto variam

Renegociar dívidas pode ser a melhor aplicação para o dinheiro da restituição. Foto: iStock, Getty Images

Investimentos para aproveitar a restituição de imposto

Existem investimentos que podem oferecer uma rentabilidade a curto prazo, ideal para você quitar suas dívidas de maneira mais rápida. Nesses casos, as aplicações mais indicadas são os títulos do Tesouro Direto, que além de um retorno quase imediato, possui um valor de aplicação inicial de somente R$ 30,00.

Para o analista de investimentos da corretora Rico, Roberto Indech, investir o dinheiro da restituição de Imposto de Renda é altamente recomendado, especialmente em tempos em que o custo do dinheiro está muito elevado, em razão das taxas de juros atuais e da alta inflação.

Mas fique atento: todo e qualquer investimento que você for fazer precisa de um motivo final. Por isso, quanto mais variáveis ele apresentar, mais fácil será adequá-lo ao seu objetivo financeiro. Mais uma vez, o Tesouro Direto aparece como alternativa, pois oferece títulos com diferentes tipos de rentabilidade: prefixada, de prazos de vencimento e de fluxos de remuneração.

Você vai se interessar por:

Lote Imposto de Renda 2015: veja como consultar sua restituição

Perdeu o prazo da Declaração de Imposto de Renda 2015? Veja o que fazer

Doenças permitem isenção de Imposto de Renda sobre a aposentadoria

Restituição pode ajudar a saldar débitos

Ainda que alguns investimentos possibilitem uma rentabilidade a curto prazo, quando se tem dívidas, o melhor destino para aplicar o valor da sua restituição de Imposto de Renda é o pagamento dos débitos.

Para isso, o economista do blog Educando o Seu Bolso, Frederico Torres, afirma que é fundamental conhecer suas dívidas: saber o valor de cada uma delas, as taxas de juros e as multas. Essas são características que irão ajudá-lo na hora de priorizar os pagamentos.

Feito isso, a renegociação é o melhor caminho. Proponha o abatimento da dívida, ou a sua quitação, mediante o pagamento à vista através do dinheiro da sua restituição. “Muitos credores estão dispostos a abrir mão de juros e multas para receber pelo menos parte dos seus créditos. Se o devedor conhece sua situação, poderá ter muito mais sucesso na renegociação”, recomenda o economista.

Economize para pagar suas dívidas

Quando as dívidas são prioridade, sempre é  importante economizar. Se você é cliente Vivo e correntista do Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil ou Banrisul, pode transformar o valor pago mensalmente pelo pacote de tarifas em mais minutos para ligações no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle, além de outros benefícios. Para acionar o Conta Bônus, entre em contato com um dos canais de comunicação do seu banco e aproveite mais essa vantagem.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para investir a sua restituição de imposto? Deixe seu comentário.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade