Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quanto custa publicar um livro?

A- A+

Diz o ditado que a vida não é completa se você não planta uma árvore, tem um filho e publica um livro. Os dois primeiros são mais fáceis, publicar um livro já é mais complicado e envolve uma série de custos e barreiras.

De modo geral, existem duas maneiras de publicar um livro: de forma independente ou por meio de uma editora. Em ambos os casos, existe todo um processo entre a pesquisa e escrita do livro e ele chegar pronto na prateleira das livrarias.

Como publicar um livro de modo independente?

Publicar um livro de modo independente é complicado e pode ser um processo demorado. O escritor já esbarra na primeira dificuldade que é a falta de financiamento.

publicar-um-livro

Os gastos envolvem a produção gráfica, a diagramação e a impressão. Foto: iStock, by Getty Images

Sem financiamento, o próprio autor precisa arcar com as despesas de pesquisa e do seu sustento enquanto escreve a obra. Com o livro escrito, é preciso editá-lo, revisá-lo e diagramá-lo antes de levar a obra para a fase de impressão. Essa é uma fase bem dispendiosa e será necessário investimento tanto para os trabalhos de texto quanto para os serviços de impressão.

Será preciso a contratação de profissionais que farão a avaliação do original, edição e preparação do texto e revisão das provas. Cada profissional é contratado separadamente e cobra geralmente por lauda (página escrita). Os preços variam muito: entre R$ 5 e R$ 20, por lauda.

Os gastos com impressão envolvem a produção gráfica, diagramação e a impressão propriamente dita. Os preços também variam e dependem da quantidade de exemplares a serem impressos. Quanto maior a tiragem, menores os preços.

É preciso pesquisa antes de publicar um livro de modo independente. Existem muitos prestadores de serviço e gráficas no mercado com níveis de qualidade e preços muitos variáveis.

Após a impressão, o escritor ainda vai gastar dinheiro com distribuição e divulgação da obra.

Como publicar um livro por meio de uma editora?

Publicar um livro por uma editora requer outros cuidados e gastos. No mundo ideal, o escritor já tem contrato com a editora e vende os direitos da obra antes mesmo dela existir. Nesse caso, ele recebe um adiantamento para pesquisa e acompanha todo o processo de edição e impressão sem grandes preocupações.

Mas no mundo real, as coisas não são tão simples. É muito mais provável que o autor tenha que procurar e pesquisar por editoras para apresentar o projeto de sua obra ou mesmo ela já pronta.

O mercado possui várias editoras, dos mais diversos portes e com especialidades diferentes. Para facilitar vida do autor, ele pode contratar um profissional que vai ajudá-lo nessa pesquisa, o agente literário.

Depois de escolhida a(s) editora(s), é só mandar o material para avaliação e esperar pela proposta de publicação caso ele seja aprovado. Na maioria das vezes, a própria editora cuida dos processos de edição, impressão, distribuição e divulgação.

Em tempos de tablets e leitores digitais, publicar em formato digital é uma boa saída para reduzir os custos de impressão. Mas, ainda assim, para que e-book seja comercializado em grandes plataformas de e-commerce como Amazon, Livraria Cultura ou Saraiva, ele deverá ser publicado por uma editora.

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

O controle financeiro pessoal e o futebol
vale a pena ter seguro
Kindle Voyage vs Paperwhite
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images