Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quando pedir empréstimo para abrir um negócio

A- A+

Se você tem um sonho empreendedor, mas como todo bom brasileiro, não é hábil para a construção de uma reserva financeira, pode ter dificuldades em tirar sua ideia do papel devido à falta de recursos. Nessa situação, será uma boa ideia pedir empréstimo para abrir um negócio? Saiba avaliar antes de recorrer às linhas de créditos para empresas.

Pedindo empréstimo para abrir um negócio

Avalie as demandas financeiras pelo período de um ano antes de buscar empréstimo. Foto: iStock, Getty Images

Comece pelo planejamento

Conforme a educadora financeira Ana Paula Pavanatti, da Reorg Gestão Financeira, todo negócio deve ter seu início com o planejamento. “Você deve estudar o mercado, o segmento do seu negócio na região, as pessoas que irão estar com você nessa empreitada”, diz. “E, principalmente, quanto precisa investir para fazer com que essa ideia aconteça, sobretudo na parte de divulgação”, completa.

É arriscado demais, conforme explica a educadora financeira, fazer um negócio apenas pensando no retorno financeiro imediato. “O lucro vem com o tempo, com aprendizado e isso será resultado de uma boa gestão e de planejamento”, sublinha.

Faça um levantamento prévio

Por conta de todos os fatores necessários para que o negócio engrene, Ana Paula aponta o levantamento prévio dos custos do projeto como um dos principais fatores. “É preciso lembrar que tudo pode acontecer no meio do caminho. Imprevistos sempre surgem”, observa.

O ideal é fazer as coisas acontecerem sem a necessidade de solicitar empréstimo para abrir um negócio, até porque você já vai começar uma empresa devendo para terceiros – e os riscos devem ser calculados. “Afinal, o que deveria ser algo para trazer novas expectativas de vida, pode se tornar um problema financeiro ainda maior e trazer novos problemas emocionais”, adverte.

A ideia de tornar-se um empreendedor vem acompanhada do sonho de fazer o seu projeto acontecer e dar certo, o que envolve muito a emoção, lembra Ana Paula. “Faz com que não tenhamos olhos para enxergar e analisar o que realmente precisa ser visto”, diz.

O sonho de abrir o próprio negócio envolve ter uma vida financeira pessoal equilibrada e, principalmente, organizada. Em muitos casos, é preciso abrir mão de situações pessoais para poder investir na sua ideia de empresa.

Recorrer ou não ao empréstimo para abrir um negócio?

Na hora de planejar a empresa, o melhor é analisar como o negócio irá funcionar e seus devidos custos. “A pessoa deve verificar também quanto ela precisa ter de renda mensal para manter o seu padrão de vida”, pontua Ana Paula.

Se o orçamento encontra-se justo para que isso aconteça, o ideal é não pegar empréstimo para abrir um negócio. “É melhor economizar ou ir atrás de um investidor para ser sócio”, avalia ela. Vale mais dividir um projeto do que entrar em uma situação financeira comprometedora.

Empréstimos, definitivamente, não valem a pena quando a pessoa desconhece o cenário empresarial e quando não tem inteligência na gestão do dinheiro. Conforme exemplifica a educadora financeira, quando se usa o capital da empresa para aquisição de sonhos particulares, como comprar um carro para uso pessoal, é melhor não solicitar.

“As pessoas que comprometem sua vida pessoal por falta de planejamento do negócio acabam percebendo que desejavam, no fundo, ser funcionárias e não donas do seu próprio negócio”, justifica.

Quando se abre uma empresa, as responsabilidades aumentam, principalmente os custos. É preciso acompanhar os números e ser criativo.

Os cuidados que se deve ter

Como já visto aqui, antes de cogitar um empréstimo, é preciso fazer um planejamento do negócio. O futuro empresário precisa saber o que pretende fazer, como fazer, onde fazer, quando fazer e quanto irá custar – com uma projeção para 12 meses, no mínimo.

Também é necessário realizar um levantamento da vida pessoal, identificando quais os compromissos mensais para se manter e de onde provém a receita para você viver.

É válido buscar informações com profissionais e empreendedores que já estão no mercado para descobrir quais as dificuldades.

Se entender como interessante pegar o empréstimo para abrir um negócio, avalie qual instituição é melhor, qual a menor taxa de juros, como será o pagamento, como poderá quitar esse empréstimo e verifique como é o atendimento do SAC. Avalie também se o valor das parcelas não irá comprometer sua renda e seu negócio.

Você vai se interessar por:

 

Gostou das dicas sobre tomar empréstimo para abrir um negócio? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria