Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Qual o peso médio ideal para a bolsa de mulher?

A- A+

Bolsa de mulher é um eterno dilema. Na hora de guardar objetos, é como coração de mãe, pois cabe tudo. Mas na hora que você precisa encontrar alguma coisa, mais parece um buraco negro. Se você é dessas pessoas que carrega tudo, já parou para pensar no prejuízo que isso pode trazer para sua saúde?

Bolsa de mulher X problemas pelo excesso de peso

Um problema visível originado de uma bolsa de mulher pesada é a má postura. Mas os prejuízos causados pelo excesso de peso vão bem além da estética. Tendinite, hérnia de disco e desgaste dos discos do coluna podem aparecer com o uso contínuo.

Ainda que os ombros e a coluna sejam as regiões mais sobrecarregadas pelo peso, outras partes do corpo, como braços, pescoço, quadris e pernas também podem vir a ser afetados com problemas nas articulações.

Os primeiros sinais de problemas em função da bolsa são dores no ombro, na coluna cervical, torácica e lombar, que podem se transformar em problemas mais sérios. Como geralmente o acessório é carregado sempre do mesmo lado, esse desequilíbrio também pode desencadear um ônus.

seudinheiro-Bolsa-de-Mulher

Quanto maior a bolsa for, mais peso você vai carregar. Foto: iStock, by Getty Images

Qual é a bolsa de mulher mais apropriada?

Se você já sente algum tipo de desconforto, cuidado. Esse é o primeiro sinal de que você não precisa carregar tantos pertences. Segundo especialistas, o ideal é que a bolsa não ultrapasse 5% do peso corporal. Assim, uma mulher de 60 quilos pode carregar, no máximo, 3 quilos. Isso depende também do biotipo da pessoa e do seu preparo físico.

Mas algumas dicas ajudam a minimizar os riscos de ter um problema de saúde. A primeira delas é optar modelos menores. Sim, esqueça as maxibolsas, mesmo que estejam no auge da moda. Como bolsa de mulher nunca fica vazia, quanto maior ela for, mais peso você vai carregar.

Você vai se interessar por:
Confira modelos práticos de bolsas para o dia-a-dia
Seguro da bolsa pode evitar dor de cabeça com assalto
Mochila pesada faz mal à coluna e expõe a risco de prejuízo

Como bolsa de mulher também precisa ser bonita, vale a pena investir em bons materiais, porém mais leves. E isso não falta no mercado. A ergonomia também faz a diferença. Quando se usa transpassada, por exemplo, o peso fica melhor distribuído.

A altura da bolsa também também é importante. Modelos muito longos atrapalham os movimentos na hora de caminhar, o também gera problemas. O ideal é que ela chegue, no máximo, na altura da cintura.

Se o conteúdo que você carrega diariamente é indispensável e pesa muito, estudo uma forma de distribuir esse peso. Carregar uma outra pasta para auxiliar pode resolver essa questão. Alternar os lados para carregar a bolsa também reduzem as chances de problemas.

Seguro para seus bens

Outro problema das mulheres que andam com bolsas pesadas é a segurança. Seja grande ou pequena, a bolsa é sempre um chamariz para a violência urbana. Para andar tranquila, nada melhor que um seguro. A Vivo oferece o Seguro Proteção Urbana, que conta com a modalidade Bolsa Protegida, que garante indenização no valor da bolsa e do seu conteúdo em caso de roubo ou furto qualificado.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Gostou das dicas para bolsa de mulher? Compartilhe!

Despertador aborda a diferença salarial entre gêneros
Grupo de mulheres inspiradoras
Maleta de maquiagem desarrumada.
Aparência influencia na vida profissional.
Jovem realiza sonho de fazer intercâmbio
Pagar juros gera dívidas