Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Quais são os melhores países para empreender

A- A+

Abrir um negócio próprio e obter sucesso com ele é algo que depende diretamente do seu esforço, mas também das condições do local onde ele será aberto. A Universidade da Pensilvânia publicou uma lista com os melhores países para empreender. Investir em alguns deles pode ser a saída que você precisava para se arriscar no universo do empreendedorismo.

A lista dos melhores países para empreender

A pesquisa da Universidade da Pensilvânia foi feita através da Wharton School, a escola superior de Administração da entidade, e contou com o apoio da BAV Consulting, empresa de consultoria estratégica global. Ao todo, foram ouvidas 16 mil pessoas, cujas opiniões ajudaram a definir quais são os melhores países para empreender atualmente.

No topo da lista está a Alemanha. Com nota 10 na classificação geral, o país europeu é uma boa opção para você que vê na burocracia brasileira uma dificuldade para fazer o seu empreendimento funcionar. Os entrevistados apontam que a infraestrutura e a segurança jurídica são os pontos fortes, além da população educada, da oferta de mão de obra especializa e da forte conexão com o resto do mundo.

O Japão é o segundo entre os melhores países para empreender, e é uma excelente opção para quem quer investir em tecnologia, já que, na categoria inovação e especialização tecnológica, levou nota 10 na análise dos entrevistados. A boa infraestrutura, população educada e grande oferta de mão de obra especializada também tiveram boa pontuação no país.

melhores paises para empreender

Alemanha, em especial a capital Berlim, é o melhor país para empreender no mundo. Foto: iStock, Getty Images

Na sequência, estão os Estados Unidos. Com média 9,6, os norte-americanos não são a população mais educada de todas, mas oferecem ambiente altamente empreendedor, forte conexão com o restante do mundo, boa infraestrutura e acesso facilitado ao capital. Além disso, a especialização tecnológica e a segurança jurídica são pontos fortes dos EUA.

Ainda completam as 5 primeiras posições Inglaterra e Canadá, com 8,6 e 8,5, respectivamente. Em terras inglesas, a dica é apostar nos negócios tradicionais, pois a inovação não está em alta. Em compensação, segurança jurídica, conexão global, infraestrutura e educação da população são pontos fortes. Para os canadenses, as qualidades são as mesmas, mas com menos intensidade.

O Brasil ocupa a 29º posição da lista, com média geral de 1,4, muito abaixo dos primeiros colocados. Por aqui, a nota mais alta fica para a força de conexão com o mundo, de 5,4. Porém, a segurança jurídica recebeu média 0, infraestrutura, transparência, educação da população e especialização tecnológica não chegaram a 1.

Você vai se interessar por:

Economize sempre

Se você gosta de poupar cada centavo que ganha, pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Aprovou a lista de melhores paises para empreender? Comente.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria