Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pronto para calcular IPVA? Estados lançam o calendário para 2016

A- A+

Se 2015 foi de dificuldades financeiras para muitos brasileiros, é bom começar a planejar o ano que vem desde já para não se ter surpresas negativas. Nesse sentido, ter na ponta do lápis as despesas previstas para 2016 é fundamental. Que tal começar por um exercício obrigatório e calcular IPVA?

Alguns estados já lançaram o calendário de cobrança para o próximo ano. Em São Paulo, por exemplo, o IPVA ficará em média 3,3% mais barato – e a cobrança já começa em 11 de janeiro.

calcular-ipva-seudinheiro-Alexandre-Moreira-A2-Fotografia

Em São Paulo, cobrança pelo tributo começa no dia 11 de janeiro. Foto: Alexandre Moreira, A2 Fotografia

A redução no valor acompanha a queda de preços de venda de alguns veículos, caso dos caminhões usados, por exemplo, que registraram um recuo de 3,76%, segundo levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), baseado nos valores de mercado de setembro de 2015.

Ainda segundo a Fipe, os carros de passeio tiveram redução de 3,4%, seguidos dos utilitários, com redução de 3,28%. Os preços de venda dos ônibus e micro-ônibus ficaram 3,15% mais baixos e os das motocicletas fecharam 2,72% abaixo do valor apurado no ano anterior.

Como calcular IPVA para 2016

Mas São Paulo não foi o único estado a divulgar o calendário de 2016 para calcular IPVA. Contribuintes do Paraná, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul estão entre aqueles que já podem programar a despesa. Conheça os três passos principais para fazer o cálculo do tributo:

Saiba o valor do seu veículo

O preço de venda do veículo, ou seu valor venal, é o primeiro critério que entra no cálculo. Ele é determinado no Brasil pela tabela Fipe. Para saber o valor do tributo em 2016, então, o primeiro passo é consultá-la, identificando a estimativa de preço para o seu caso.

Conheça a alíquota do imposto

Além do preço de venda do veículo, também é determinante no custo do imposto a alíquota estabelecida no seu estado. A dica é buscar a informação junto à Secretaria da Fazenda.

Em São Paulo, elas permanecem inalteradas em relação a 2015. Proprietários de veículos movidos a gasolina e os biocombustíveis recolherão 4% sobre o valor venal. Veículos que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, ainda que combinados entre si, têm alíquota de 3%. As picapes cabine dupla também pagam 4%.

Identifique a data de pagamento

Agora que já sabe o que é levado em conta na hora de calcular IPVA, é importante prestar a atenção em alguns detalhes na hora de pagar esse imposto, e ficar atento ao número da placa é principal deles. Se você não tiver condições de quitar tudo de uma vez, com desconto, é o dígito final da placa que indica a data de vencimento.

Você vai se interessar por:

Planeje-se ao calcular IPVA 2016

De posse de todos esses dados, você já pode se preparar para pagar o IPVA 2016. É nessa hora que fica aquela dúvida: à vista ou a prazo? Para o educador financeiro Reinaldo Domingos, antes de responder a essa pergunta, é preciso saber primeiro qual é a sua situação financeira.

Segundo ele, quem está endividado ou equilibrado financeiramente, mas sem muita folga no orçamento, deve recorrer ao parcelamento – sempre lembrando de evitar ao máximo usar empréstimos ou limites do cheque especial, por exemplo.

Agora, caso sua situação financeira esteja mais confortável, Domingos recomenda que o pagamento seja feito à vista, já que você obterá, em média, 3% de desconto no IPVA. Na hora de escolher essa opção, é importante ficar atento aos compromissos futuros e não se deixar levar apenas pelo valor um pouco mais baixo.

 

Você tem uma boa dica para calcular IPVA? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria