Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Projeto Vivenda leva novo conceito de moradia a comunidades

A- A+

Moradores de comunidades populares não precisam mais se preocupar com o preço do material de construção. Graças ao Projeto Vivenda, é possível reformar uma casa localizada em favela por R$ 5 mil e em um prazo de até 15 dias.

Não é mágica, é a proposta desse negócio social que dá nova cara ao lar, promovendo melhorias em espaços como banheiros, cozinhas, áreas de serviços, salas e quartos. As obras são planejadas e executadas por profissionais qualificados. E a conta, além de muito inferior ao praticado no mercado, ainda pode ser paga em 12 prestações.

Projeto Vivenda fica no Jardim Ibirapuera

Jardim Ibirapuera é a comunidade atendida até o momento. Foto: Márcia Brasil, Prefeitura de São Paulo

O que é o Projeto Vivenda

Compromisso de fazer com que as pessoas possam morar bem e viver melhor. É dessa forma que os criadores do Projeto Vivenda o descrevem em seu site, oferecendo reformas rápidas e sem burocracia. Até o momento, foram 210 projetos realizados, abrangendo mais de 800 pessoas e obras com duração média de apenas seis dias.

Embora o programa tenha surgido com objetivos grandiosos de abrangência nacional, até o momento, sua área de atuação se restringe ao bairro Jardim Ibirapuera e seu entorno, na cidade de São Paulo. A escolha por essa comunidade se deve ao envolvimento anterior dos sócios da empresa com uma ONG local, o que ajudou a mobilizar os moradores com o projeto.

Como surgiu

Em 2009, a empresa Giral, na qual Fernando Assad é sócio, foi contratada para um projeto pós-urbanização de uma favela. Marcelo Coelho e Igiano Lima faziam parte da equipe social da empresa contratante. Esse contato com a comunidade fez com que os três profissionais idealizassem mais tarde o Projeto Vivenda.

Só no ano de 2014 é que começaram a serem realizadas as primeiras obras na comunidade. Um ano antes, o programa foi selecionado para ser acelerado (recebendo investimentos) da Artemisia, voltada ao desenvolvimento de negócios de impacto social.

Foi a partir daí que um modelo de negócio foi estabelecido para o Vivenda, definindo sua oferta de cinco kits diferentes de reforma (leia mais sobre eles abaixo), todos eles com a mesma característica de preço baixo, agilidade e pouca burocracia.

Você vai se interessar por:

5 kits de reformas do Projeto Vivenda

No Projeto Vivenda, os kits de reforma para cada espaço da casa tem foco nos principais problemas de estrutura e encanamento enfrentado pelos moradores. Confira quais são as reformas propostas para cada ambiente:

  • Kit cozinha: aplicação de pisos, azulejos, forros e outras soluções que melhoram a higiene e o design na cozinha.
  • Kit banheiro: são propostas reformas que viabilizam a impermeabilização, conserto de vazamentos, eliminação de fungos e tudo aquilo que um bom banheiro precisa.
  • Kit área de serviço: também são propostas reformas de impermeabilização, mais consertos de vazamentos, combate ao mofo e aplicação de pisos e azulejos.
  • Kit sala: as reformas nesse ambiente visam proporcionar mais ventilação para o local, sendo feitas aberturas de janelas, elementos vazados e acabamentos para melhorar a decoração.
  • Kit quarto: tem obras voltadas para o combate ao mofo e acabamento para deixar o ambiente mais agradável.

Além da execução, o  planejamento das reformas também é feito pelo profissionais do Vivenda. Participam dessa empresa social pedreiros, estagiários, arquitetos, ajudantes e uma equipe de vendas.

 

Gostou da proposta do Projeto Vivenda? Deixe seu comentário!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro