Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Produtos com o selo do Inmetro garantem uma boa economia

A- A+

O que você faria com R$ 700 a mais no final do ano? Compraria roupas novas, material escolar para o seu filho e faria uma viagem? É bom começar a planejar, pois o sonho está ao seu alcance. Esse é o valor que você pode poupar caso seus aparelhos tenham o selo do Inmetro.

A informação é do próprio Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que considera na conta a economia gerada pela opção por produtos certificados pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) – em outras palavras, equipamentos com o famoso selo do Inmetro -, além da adoção de medidas simples para reduzir os gastos.

Com alguns cuidados a economia com eletrodomésticos pode ser melhor.

Máquina de lavar deve ser utilizada na capacidade recomendada pelo fabricante. Foto: iStock, Getty Images

Selo do Inmetro: entenda o que significa

Dependendo dos cuidados que se tem, a economia de energia pode ser até maior, conforme explica Alexandre Hugo da Silveira, especialista em Sistemas de Energia, professor da Unisinos e sócio da CS Engenharia e Conservação de Energia. “O produto que recebe o selo do Inmetro passa por uma série de testes para classificar seu consumo”, explica.

Segundo ele, os equipamentos testados atendem padrões de rendimento mínimo para a categoria em que se enquadram, o que dá uma garantia ao consumidor quanto à eficiência do produto. 

“A diferença de gasto de um refrigerador com selo A para outro com selo C pode chegar a R$ 191 por ano”, destaca Silveira. “A economia depende também do porte da residência e do número de moradores”, completa.

É verdade que o conforto tem seu preço e, quanto mais aparelhos elétricos em casa, maior o gasto de luz. Entretanto, ao contrário do que se pensa, o ar condicionado nem sempre é o maior vilão. Conforme Silveira, ele representa em torno de 20% do gasto mensal.

Chuveiros elétricos e aquecedores também consomem em torno de 20%. Mas a geladeira (acredite!) pode ser responsável por 30% a 40% do valor da sua conta de energia.

Você vai se interessar por:

Sem dinheiro: conheça modo de vida com consumo consciente

Bandeira amarela, verde ou vermelha: entenda a conta de luz mais cara

Teste: Quanto você se esforça para reduzir o consumo de água?

Saiba como economizar ainda mais

Mesmo sem abrir mão do conforto, você pode economizar na sua conta de energia elétrica. Veja atitudes simples que fazem a diferença.

Cuidado com o chuveiro

Evite fazer a barba ou depilação no chuveiro e mantenha o aparelho na posição verão nos dias mais quentes. Se possível,  substitua por aparelhos com aquecimento solar.

Poupe o ferro de passar…

Ligar muitas vezes o ferro elétrico aumenta o gasto de energia. Portanto, acumular a roupa para passar de uma só vez gera uma boa economia.

… e a máquina de lavar

Da mesma forma, a máquina de lavar deve ser utilizada dentro da capacidade máxima recomendada pelo fabricante. Afinal, lavar poucas peças significa que o uso será mais frequente.

Evite o “abre e fecha” da geladeira

Quanto mais vezes você abrir sua geladeira, maior será o gasto de energia, pois o equipamento trabalhará mais para manter a temperatura ideal. Que tal guardar todos os alimentos de uma só vez? Também é importante verificar se há acúmulo de ou borrachas envelhecidas. Defeitos na vedação são outro problema que aumenta o consumo.   

Escolha e use bem o ar condicionado

Além de escolher um equipamento com o selo do Inmetro de classificação A, os modelos com a tecnologia inverter, por exemplo, consomem menos energia e são mais silenciosos. O mínimo de tempo que puder ser desligado já ajuda. Um ar condicionado de 12 mil BTUs, ligador por 7 horas, tem um gasto de R$ 145 mensais. Se ficar ligado por 6 horas, o consumo cai para R$ 109.

 

Já sabe escolher produtos com o selo do Inmetro? Deixe seu comentário.

geladeira com freezer ou congelador
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
economizar energia na geladeira