Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Produtos automotivos vencidos geram prejuízos ao carro e ao bolso

A- A+

Antes de pegar a estrada e fazer qualquer viagem, é fundamental realizar revisões no veículo, atendendo à programação recomendada pelo fabricante. Mas é preciso ir além nos cuidados com seu carro, pois o uso de produtos automotivos vencidos pode colocar em risco as suas finanças e, mais grave do que isso, a sua integridade física.

Homem consertando o próprio carro e fazendo o pedido de produtos automotivos.

Produtos vencidos danificam peças e componentes e ameaçam a segurança. Foto: iStock, Getty Images

Cuidado com produtos automotivos vencidos

Além do prejuízo financeiro que pode surgir ao optar por produtos automotivos vencidos, danificando peças e componentes, existe um risco ainda maior, envolvendo a sua segurança. O funcionamento incorreto de partes importantes pode gerar acidentes.

Veja abaixo três produtos automotivos que são fundamentais e devem estar dentro do prazo de validade:

Fluido de freio

É um dos produtos automotivos que mais oferece risco à segurança quando vencido. Isso porque se degrada conforme absorve umidade, causando oxidação das peças e bolhas de ar. Essa formação de bolhas compromete a resposta dos freios quando ocorre o acionamento do pedal. Em descidas de serras, os problemas se agravam, pois a exigência é maior e o sistema superaquece.

Pneu

Assim como o fluido de freio, é fundamental que esse componente esteja em plenas condições durante a rodagem. Com a redução da vida útil do pneu, o condutor e os passageiros podem se encontrar em risco, já que pode haver situações como o desprendimento da banda de rodagem.

Óleo

A troca de óleo, que muitas vezes acontece sem a presença do motorista, também pode acabar utilizando um produto vencido. Por isso, é fundamental que se verifique a data de validade, acompanhando a troca de perto. Também é preciso checar se o óleo é do tipo correto para seu automóvel.

Procon-SP detecta irregularidades

No mês de novembro, o Procon de São Paulo divulgou um número preocupante. Após fiscalização feita pelo órgão em 387 postos de combustível visitados no Estado, em 173 deles foram encontrados produtos vencidos. Isso significa que 45% dos estabelecimentos apresentaram algum item em situação irregular.

Os produtos automotivos que mais foram encontrados vencidos foram fluidos de freio, aditivos e óleos lubrificantes. Como muitas vezes acabam sendo manuseados apenas pelos frentistas, os consumidores nem sempre verificam a sua situação antes que eles sejam colocados no automóvel. Assim, pagam por um produto que pode colocá-lo em situação de risco.

De acordo com o que foi divulgado pela assessoria de comunicação do Procon de São Paulo, o consumidor deve denunciar para o órgão, através das redes sociais, postos de gasolina que estiverem vendendo produtos vencidos.

Denúncias como diferença entre os preços divulgados e o praticado na bomba ou outras práticas que ferem o direito do consumidor também devem ser feitas. Ao constatar a irregularidade, o consumidor deve indicar o endereço do estabelecimento e, se possível, enviar fotos comprovando a fraude.

Você vai se interessar por:

Assistência para seu veículo

Se você tem um carro, sempre é bom proteger seu patrimônio. Assistências oferecem serviços de profissionais especializados e de confiança para consertos e reparos emergenciais ou serviços de manutenção.

Com o Vivo Multiassistência, você conta com socorro mecânico e reboque para seu carro, além de eletricista, vidraceiro, conserto de eletrodomésticos e chaveiro sempre que precisar.

> Vivo Multiassistência: Garanta socorro mecânico e reboque para seu carro

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
como economizar na limpeza
Como tirar manchas de mofo e bolor da parede
Carros com gás natural veicular
rastreador de veiculos
ar-condicionado automotivo