Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Procurando uma farmácia popular? Confira o endereço

A- A+

O salário insiste em terminar antes do mês e, para piorar a situação, você fica doente. Esse drama é vivido constantemente por milhares de brasileiros. Mas, para amenizar um pouco essa situação, a farmácia popular oferece medicamentos a custos menores.

Como surgiu a farmácia popular

Por iniciativa do Ministério da Saúde, em 2006, a portaria 491 expandiu o então chamado programa Farmácia Popular do Brasil. Na época, o acesso aos medicamentos era viabilizado por farmácias privadas credenciadas.

A ideia da farmácia popular é fornecer os medicamentos essenciais a uma parcela da população com menor poder aquisitivo. Conforme o Ministério da Saúde, 33 milhões de brasileiros sofrem com a hipertensão arterial, sendo que 80% deles são atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

farmacia-popular

O Ministério da Saúde divulga em seu site uma lista de farmácias populares. Foto: iStock, by Getty Images

O país também conta com 7 milhões de diabéticos, sendo que uma parcela de 80% deles também é atendida pelo SUS. De uma forma geral, o sistema público é o atendimento utilizado por mais de 70% da população. Nesse contexto, a farmácia popular tem sido uma ferramenta bastante utilizada para os tratamentos de saúde.

Onde encontrar uma farmácia popular

Para não perder tempo andando atrás de uma farmácia popular na sua cidade, o Ministério da Saúde divulga, em seu portal, a lista das farmácias credenciadas em cada município e seus respectivos endereços.

No Portal da Saúde é possível selecionar o seu Estado. Em seguida, o sistema fará o download de um arquivo com a listagem completa. Assim que o download estiver pronto, clique em uma seta que aparece no canto superior direito da sua tela e acesse a lista.

Mas, preste atenção, pois é possível verificar endereços em duas listas distintas. Você pode selecionar a busca por ‘rede própria’ do serviço de farmácias populares, ou ainda verificar os endereços de drogarias privadas conveniadas ao programa.

Nas unidades próprias, é possível encontrar uma variação de até 112 medicamentos, que são comercializados pelo seu valor de custo – o que representa uma economia de até 90% para o usuário. Para adquirir o medicamento, é necessário apresentar o CPF e a receita médica ou odontológica.

A venda de medicamentos a preços acessíveis – bem abaixo dos praticados pelo mercado – é possível por meio de um ressarcimento que o governo federal realiza à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a liberação dos remédios.

 

Gostou das dicas de farmácia popular? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

como abrir uma academia de ginástica
como montar uma drograria
esteira ou bicicleta ergométrica
dicas para comprar uma boa esteira
como montar uma loja de produtos orgânicos
comer peixe