Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Primeiro emprego: veja como aplicar bem sua renda

A- A+

Você conquistou seu primeiro emprego e finalmente tem um salário, mas ainda não sabe bem como administrá-lo? Então veja nossas dicas para controlar seu dinheiro e suas finanças pessoais, investindo em pequenos prazeres e também guardando parte da renda para o futuro.

Permita-se pequenos prazeres desde o primeiro emprego

A rotina do primeiro emprego costuma ser maçante, pois traz novas necessidades como conciliar emprego e estudo, cumprir uma série de horários e tarefas novas. Poupar para atingir seus objetivos futuros é importante, mas é fundamental se dar ao luxo de ter pequenos prazeres como comer fora, sair com os amigos ou comprar aquele celular que você tanto quer.

primeiro-emprego

Objetivos de curto prazo podem motivar jovens no começo da carreira. Foto: iStock, by Getty Images

Segundo a neuropsicóloga Isabel Spíndola, diretora da Constelação Coaching, o cérebro tem um sistema de recompensa que nos mostra se as nossas escolhas estão fazendo sentido para a nossa vida. Por isso, é importante que se poupe uma parte do salário, mas também se use uma parcela deste dinheiro no curto prazo, para manter a motivação quanto ao futuro.

Primeiro emprego x salário

Mesmo se dando pequenos luxos, o jovem deve poupar uma parte de seu salário já a partir do primeiro emprego. A disciplina para isso, em geral, vem de casa. “O jovem poupa quando estimulado pelos pais e pessoas em quem se espelham e admiram. A educação financeira faz parte do treino para a vida adulta bem sucedida”, avalia Isabel.

Isabel, que também é coach especializada em liderança jovem, explica que a pessoa em início de carreira lida melhor com os objetivos de curto prazo. “No seu primeiro emprego, o jovem está mais focado em aprender a conviver com o mundo de possibilidades que a empresa oferece do que em tratar projetos com ações de longo prazo”, diz.

Conforme Isabel, muitos não têm clareza sobre a real carreira que pretendem seguir, embora tenham curso superior, ou em formação. Daí surge também a dúvida sobre onde investir sua renda desde o primeiro emprego. A orientação profissional pode ajudar a nortear decisões de curto e médio prazo, como formatura, viagens ou empreendedorismo.

Primeiros passos para os investimentos

A consultora de investimentos Sandra Blanco, da empresa de fundos de investimento Órama, avalia que, se por um lado o jovem tem os recursos escassos, por outro, tem o tempo a seu favor. “Se investir de maneira inteligente, multiplicará seu capital”, sustenta.

E para descobrir onde investir, o jovem deve ter em mente quais são os seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Com esses objetivos, ele poderá definir um percentual de seu salário para guardar a cada mês e, assim, aplicar no investimento que mais combina com o seu perfil. Para quem está pensando em investir pela primeira vez, títulos de renda fixa, como o Tesouro Direto, podem ser uma opção interessante.

De qualquer forma, é importante que você converse com o gerente do banco e busque o máximo de informações antes de colocar seu dinheiro em um investimento.

Gostou das dicas para os seus primeiros passos para aplicar sua renda do primeiro emprego? Compartilhe!

vale a pena pedir demissão
trabalho temporario no canadá
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
profissões inusitadas e alternativas
fantasma do desemprego
depressão no desemprego