Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Prédios com serviços compartilhados são lançados em São Paulo

A- A+

Já imaginou morar em um condomínio onde é possível dividir carro, bicicleta e até um apartamento com outros moradores? Inspirado no conceito internacional de Home&Share, prédios com serviços compartilhados são uma das tendências do mercado imobiliário do momento.

Em São Paulo, a Vitacon é uma das empresas que incentivam esse modelo de empreendimento. Para o CEO da empresa, Alexandre Lafer, os serviços compartilhados representam um novo estilo de vida. “Eles aliam mobilidade, eficiência, economia e otimização de espaço, dinheiro e tempo”, afirma.

Serviços compartilhados em prédio da Vitacon

Espaço de coworking no Vita Bom Retiro traz praticidade para quem trabalha em casa. Foto: Divulgação, Vitacon

Tipos de serviços compartilhados

Em seu mais recente empreendimento, o Vita Bom Retiro, além do compartilhamento de veículos, é possível também dividir um apartamento inteiramente mobiliado. Assim, você pode receber seu familiares e convidados de uma maneira mais confortável.

Outra novidade do condomínio é o espaço de coworking, uma espécie de escritório compartilhado que pode ser usado por quem trabalha em casa ou em dias em que não é necessário dirigir-se até a empresa. Salas para encontros e reuniões colaborativas também são disponibilizada para o uso comum.

Além desses, outros ambientes, como academia e serviços como compartimento refrigerado para entrega de compras e ferramentas, também podem ser compartilhados. E o melhor: você não precisa arcar com nenhum custo de manutenção, nem impostos e só paga quando o utiliza.

A Vitacon tem cerca de 40 empreendimentos com sistema de compartilhamento e a tendência é de expansão. Segundo Lafer, esse é o futuro da economia. “Daqui há alguns anos, tudo será compartilhado, inclusive, os apartamentos nos quais moramos”, completa.

Serviços compartilhados em prédio da Vitacon

Até mesmo a lavanderia foi adaptada ao conceito de serviços compartilhados. Foto: Divulgação, Vitacon

Aplicativo para os moradores

A Gafisa é outra construtora que também oferece serviços compartilhados em seus empreendimentos. Recentemente, a empresa lançou o Smart Santa Cecília no centro de São Paulo, com características semelhantes ao Vita Bom Retiro, acrescidas de um aplicativo exclusivo para moradores.

O Smart Gafisa vai funcionar como uma rede social fechada entre os moradores, que poderão trocar experiências, além de efetuar reserva de todos os itens compartilhados pelo condomínio.

Para o gerente de negócios da empresa, Octávio Noronha, a plataforma móvel é uma versão modernizada do interfone. “Será possível, por exemplo, avisar o porteiro sobre a chegada de uma visita, alugar um carro ou até mesmo verificar se algum dos vizinhos tem interesse em dividir os serviços de um professor particular de inglês”, exemplifica.

Serviços compartilhados em prédio da Gafisa

Smart Santa Cecília também possui seu espaço de escritório compartilhado. Foto: Divulgação, Gafisa

Você vai se interessar por:

Compartilhe segurança

Além de dividir alguns serviços, o que acha de também compartilhar segurança com sua família? Com o Seguro Residencial Vivo você recebe pagamento de indenização quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo em decorrência de incêndio, raio e explosão.  Além disso, está protegido também contra roubo e furto qualificado de bens.

O serviço, em parceria com a seguradora ACE, ainda oferece praticidade no pagamento, que pode ser realizado na mesma fatura mensal do seu celular.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

O que acha dos serviços compartilhados em imóveis? Comente!

inflação do aluguel
investir em imóveis
Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo
Trabalhando na reforma de casas antigas
Como escolher corretora para Tesouro Direto