Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Preços de vacinas na rede privada costumam variar bastante

A- A+

Criadas para prevenir doenças e garantir mais qualidade de vida para a população, as vacinas foram as responsáveis pelo controle e erradicação da poliomelite e da varíola no Brasil. Enquanto as principais são oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde, os preços das vacinas da rede particular costumam assustar.

Ainda assim, a imunização não deve ser uma preocupação apenas com as crianças. Há diferentes tipos voltados a adultos e é importante se manter protegido.

Os preços das vacinas da rede particular costumam assustar.

Vacinas consideradas básicas e essenciais podem ser feitas de graça na rede pública. Foto: Shutterstock

Vacinas oferecidas gratuitamente

Na rede pública de saúde, é possível encontrar todas as vacinas essenciais. A definição do que é disponibilizado à população considera análises técnicas e estudos específicos, que podem ser um desafio em um país do tamanho e da diversidade do Brasil.

O problema é que a maioria dos pais se preocupa em manter o calendário de vacinação dos filhos em dia, mas se esquece que o assunto também é de gente grande, destaca a pediatra Silvia Helena Viesti Nogueira (CRM 54593), responsável técnica pela Imunocap Vacinas.

“São oferecidos aos adultos vacinas como hepatite B, sarampo, caxumba e rubéola, tétano e difteria, além de vacinação de grupos específicos, como gestantes, que devem tomar a vacina contra tétano, difteria e coqueluche nos últimos três meses de gestação”, explica.

Ainda para gestantes e também para idosos, têm sido comum as campanhas para a vacinação contra a gripe, especialmente nos períodos de maior proliferação da doença.

Atualmente, foi incluída ainda no sistema público de saúde a vacina contra o HPV (abreviatura do inglês para human papilomavirus), voltada para meninas entre nove e 13 anos e também para as portadoras de HIV até os 26.

Com uma solicitação médica em mãos, portadores de doenças crônicas ou de comorbidades podem requerer vacinas que não estejam tradicionalmente incluídas na sua faixa etária. Basta ir até um Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIES).

Você vai se interessar por:

Preços de vacinas na rede particular

Já na rede privada, é possível encontrar vacinas que são consideradas opcionais. Entre as vantagens oferecidas estão as combinações, que exigem um número menor de injeções, vacinas com cobertura maior para o vírus ou bactéria e também o reforço daquelas em que apenas a primeira dose está disponível na rede pública.

Entre as mais procuradas, estão as que previnem a meningite e a meningite B, a  pneumocócica 13-valente e ainda aquelas que causam reações mais leves, quando comparadas às gratuitas.

O preço das vacinas varia muito, conforme Silvia. Há tipos que custam em torno de R$ 50 até as de R$ 600 a R$ 700 por dose. Mas as mais procuradas giram em torno de R$ 150 a R$ 200, no caso das vacinas acelulares, como a tríplice bacteriana, e de R$ 300 a R$ 600, no caso das meningites.

 

O que acha dos preços de vacinas? Deixe seu comentário.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade