Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Precisa de ajuda financeira? Veja onde está errando e vire o jogo

A- A+

O endividamento é comum entre os brasileiros e a causa aponta em parte para a dificuldade em organizar-se. Se você sofre para pagar contas em dia, não consegue estabelecer um controle de gastos e nem sabe para onde o seu dinheiro vai, buscar ajuda financeira sem constrangimentos é a dica de especialistas.

Recorrer a algum tipo de auxílio especializado pode ser a peça que faltava no seu quebra-cabeças por um orçamento equilibrado. Tal necessidade se evidencia no país, considerando que 60% das famílias brasileiras estão endividadas, conforme aponta pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Ajuda financeira pode ser a solução para fugir do endividamento.

Recorrer a auxílio especializado evita comprometer ainda mais o bolso. Foto: iStock, Getty Images

Por que buscar ajuda financeira?

Para o educador financeiro Pedro Madureira, da DSOP, a busca por ajuda financeira se justifica em uma série de situações.

Exemplos são casos de perda do emprego, cortes de horas extras ou problema de saúde na família, que fará com que as compras de remédios aumentem juntamente com as despesas com consultas. Também um veículo pode precisar de manutenção imediata ou receber uma multa inesperada.

As razões são variadas, mas a base delas é a mesma, explica Madureira. “Todas possuem suas raízes na falta da aplicação diária de uma metodologia que pode mudar completamente o seu relacionamento com o dinheiro. Se a pessoa tiver uma metodologia como um hábito em sua vida, com certeza, ela estará muito protegida com os acontecimentos”, diz.

Como recorrer à ajuda financeira

O primeiro passo para quem precisa de ajuda financeira é a organização, ensina o educador. Mais uma vez, ele reforça que a etapa precisa estar baseada em uma metodologia. “Não adianta sair anotando tudo o que gasta se não tem orientação correta de como proceder. Os sonhos da família devem ser priorizados e jamais podem ser deixados de lado”, afirma.

Segundo ele, é importante que haja uma motivação, um objetivo que leve a pessoa a mudar seus hábitos e a adotar a metologia na sua vida. “O desespero é inimigo do controle, pois pode fazer com que a pessoa que precisa de ajuda financeira comece a cavar um buraco cada vez mais fundo, impedindo-a de sair”, comenta.

Em momentos de crise econômica, seja no âmbito familiar ou generalizada para todo o país, a ajuda financeira se mostra ainda mais válida. A dica é realizar um inventário financeiro e levantar todas as dívidas que precisam ser sanadas.

Como próximo passo, Madureira indica fazer um diagnóstico para verificar para onde o dinheiro da família está indo com as despesas. “Muito importante é simplificar a vida e parar de queimar dinheiro com coisas desnecessárias”, alerta.

Você vai se interessar por:

Controle financeiro impede gastos desnecessários

Planilhas ajudam no controle financeiro pessoal; faça o download

Controle financeiro: família precisa conversar sobre dinheiro

O sonho do fim das dívidas

Depois de equilibrar as contas, o passo seguinte contempla a busca por ajuda financeira para reconstruir a rotina orçamentária da família. Segundo o educador, esse é o momento em que a pessoa realiza o sonho de sair das dívidas. Enxergando o fim dos débitos como um sonho, é fundamental colocar todos os esforços para eliminá-las.

E Madureira indica ir além: após alcançar esse objetivo, parar e listar um novo. “E jamais contrair uma nova dívida até que não se realize o novo sonho”, aconselha o especialista.

Por fim, o especialista lembra que a chegada até essa etapa exige reflexão sobre o que virá pela frente. “Representa o momento em que a pessoa irá descobrir se entrará para a pista de alta velocidade das finanças, aplicando, investindo e poupando, ou se voltará para a pista de corrida dos ratos, onde contrai novas dívidas”, conclui.

 

Você tem uma boa dica de ajuda financeira? Comente!

quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
melhor forma de economizar
brinquedos educativos
melhor lugar para trabalhar
melhores cruzeiros nacionais