Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Pratique o desapego para fazer as pazes com o seu bolso

A- A+

Economizar não significa apenas gastar menos. Há quem defenda que doar, trocar ou mesmo organizar suas coisas ajuda a gerenciar melhor o seu orçamento e a sua rotina. É disso que você precisa em casa? Então, pratique o desapego de forma eficaz e perceba os resultados.

Pratique o desapego, por Marie Kondo

Marie Kondo

Marie Kondo. Foto: Debby Wong, Shutterstock

Talvez você nunca tenha ouvido falar na japonesa Marie Kondo, mas ela é um dos expoentes da cultura da organização.

Considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, lançou ideias e métodos que servem de incentivo para que muita gente pratique o desapego para economizar e ter mais felicidade.

E a adoção de novos hábitos se mostra mesmo necessária. Somente nos Estados Unidos, é alarmante o número de pessoas que a cada dia acumula mais e mais pertences.

Já são 18 milhões de americanos que compram compulsivamente, o que evidencia o problema por lá e exige atenção por aqui.

Pratique o desapego em 6 dicas

Quer entrar na onda do desapego você também? Confira seis dicas a seguir e mude hábitos para viver com economia e de bem com o bolso.

Arrumar a casa

Separar tudo o que não usa e de forma organizada (livros, CDs, roupas), arrumando o que é útil nos seus devidos lugares, faz com você perceba que possui muitos itens que não lembrava e pensava em comprar. Isso vai fazer não só com que você pratique o desapego, mas que evite comprar o que já tem (e nem lembrava mais).

Fazer um bazar

Os bazares de troca ou venda de produtos usados estão se proliferando, sobretudo na internet. A vantagem de descartar seus pertences de forma organizada é que você já pode ter uma ideia clara do que está sobrando para poder vender ou trocar por algo que precise.

Organizar de forma eficaz

A organização das roupas é importante quando se trata de economia. É interessante pendurar apenas as peças mais pesadas, e dobrar o restante. Assim, é mais fácil visualizar o que se tem e aproveitar melhor o espaço.

Pratique o desapego de forma eficaz e perceba os resultados.

Organização do guarda-roupa é passo inicial para identificar itens que não usa mais. Foto: iStock, Getty Images

Descartar o que não traz alegria

Trazer alegria é a condição para manter ou não um objeto em casa. Mas não se iluda pensando que isso é motivo para acumular coisas, desde roupas até velinhas de aniversário. Fotos, por exemplo, são boas recordações. Mas as roupas de décadas atrás podem ir para doação.

Envolver a família

Ensinar cada um a organizar seu espaço (e descartar o que não é útil) faz com que todos tenham consciência de organização e economia. E família que poupa unida, prospera unida.

Ordenar a despensa

Os alimentos são itens frequentemente desperdiçados nas famílias brasileiras. O segredo é comprar e armazenar de forma correta para não ser um gasto a mais.

Em primeiro lugar, organize a despensa (quem nunca comprou mais açúcar por não ver que tinha um pacote sobrando?). Depois, procure sempre usar o que tem antes de comprar mais. O que for para a geladeira deve ir em potes transparentes para poder visualizar o que há dentro.

Você vai se interessar por:

As vantagens de morar em apartamento pequeno

Gastar menos é primeiro passo para investir; veja dicas

Não sabe onde comprar livros baratos? Confira dicas

Conheça o Vivo Zuum

Se você precisa de mais facilidade para controlar o orçamento, o Vivo Zuum é uma excelente opção. Trata-se de uma conta totalmente gerenciável pelo celular, que permite pagar boletos, fazer transferências e até recargas de celular. Adquirindo o cartão Vivo Zuum, também é possível fazer saques e compras no débito.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou do artigo? Pratique o desapego você também!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria