Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Plataforma ajuda a encontrar e conhecer bibliotecas públicas pelo Brasil

A- A+

O índice de leitura no Brasil é um dos mais baixos da América Latina. Uma pesquisa do Instituto Pró-Livro (IPL) aponta que cada brasileiro lê, em média, 1,8 livros por trimestre. O estudo ainda indica que 75% da população nunca frequentou bibliotecas públicas ou privadas.

Elevar esse percentual é uma das motivações do Ministério da Cultura para o lançamento do Cadastro Nacional de Bibliotecas, uma plataforma que permite ao usuário acessar tudo relacionado a esses espaços de leitura e conhecimento.

Realidade das bibliotecas públicas no Brasil

Quando o assunto são os livros, os brasileiros ficam abaixo do registrado em países desenvolvidos e mesmo nos vizinhos latino-americanos. A média por aqui é da leitura de quatro exemplares por ano para cada brasileiro, conforme o IPL. A Universidade Estadual Paulista (UNESP) identificou que, na Espanha, a média é superior a 10 obras/ano, enquanto no Chile se aproxima dos cinco livros anuais.

75% da população nunca frequentou bibliotecas públicas ou privadas.

É possível inserir e registrar novas bibliotecas comunitárias e pontos de leitura. Foto: iStock, Getty Images

O objetivo dos ministérios da Cultura e da Educação é elevar esses índices, tornar as bibliotecas públicas mais populares e aproximar a sociedade das possibilidades e dos espaços destinados à leitura. A ideia é mostrar que esses locais estão abertos para um consumo gratuito de cultura.

As bibliotecas públicas não fazem parte da rotina dos brasileiros, talvez pelo baixo número de estabelecimentos existentes. Segundo o Ministério da Cultura, há uma média de 6 mil espaços como esse em todo o país. No Rio de Janeiro, há mais de 100 mil habitantes para cada biblioteca existente.

Por outro lado, o acervo público é bastante abrangente. A pesquisa Produção e Venda do Setor Editorial, realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) em 2013, indica que foram vendidos 479 milhões de livros no país, sendo que 200 milhões de exemplares dessa cota foram adquiridos pelo governo para os seus espaços públicos.

Onde encontrar bibliotecas públicas

A nova plataforma do Ministério da Cultura, voltada para a difusão do hábito da leitura no país, pertence ao Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. O serviço foi lançado em julho de 2015 e conta com o cadastro de  mais de 97% dos espaços públicos, municipais, estaduais e comunitários de leitura de todo o país.

Acessado através do site Bibliotecas, oferece um mapa que aponta os números de bibliotecas públicas cadastradas em cada região dos estados e também do país, com destaque para os espaços que se classificam entre os maiores ou que são únicos na região em que estão inseridos.

Você vai se interessar por:

Conheça sebos online para comprar livros mais em conta sem sair de casa

Entenda o que é preciso para publicar um livro

Especialista recomenda 5 bons livros sobre finanças pessoais

O serviço é colaborativo, serve para que os gestores de cada estabelecimento possam inserir no sistema as informações complementares sobre o espaço. Entre elas, o tamanho do acervo, tipos de materiais disponíveis, infraestrutura do ambiente, horário de funcionamento, serviços disponibilizados, forma de cadastramento para retirada de livros e detalhes afins.

Nesse processo de aprimoramento das informações sobre bibliotecas públicas, o Ministério da Cultura informa que é possível inserir e registrar novas bibliotecas comunitárias e pontos de leitura, que não fazem parte do mapeamento por não pertencerem ao governo, mas que se tornam importante na difusão dos hábitos de leitura nas regiões.

 

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário.

como conseguir desconto na compra de livros
Kindle Voyage vs Paperwhite
Lendo sobre investimentos financeiros para iniciantes
Kindle Oasis
Novo celular chinês
Comparativo de celulares ajuda a escolher