Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Planejamento é a chave para realizar o casamento dos sonhos

A- A+

Está chegando o grande dia? Para que tudo seja perfeito na hora do casamento, organização é palavra de ordem. Com um bom planejamento, você garante economia e evita que subir ao altar seja motivo para dor de cabeça. Se você não sabe por onde começar, siga algumas dicas para que esse dia se torne ainda mais especial.

casamento

Depois de muito planejamento, é só aproveitar o momento. Foto: iStock, Getty Images

O que pesar para o casamento

Comece a planejar o casamento com antecedência. O primeiro passo é sentar para conversar, de preferência com as famílias, e decidir qual será o tamanho do evento e, principalmente, qual é o orçamento disponível. Defina quanto precisará poupar por mês e evite contrair novas despesas, como os financiamentos.

Se você está à procura de uma data, deve saber que reservar a igreja (se esse for o seu caso), o cartório e o salão ou restaurante para recepção é uma tarefa para cerca de um ano antes do casamento. Quanto mais a tarefa for adiada, maiores são os preços cobrados com reajustes e menor é a chance de encontrar um dia que se encaixe no seu planejamento.

Mas não se limite a marcar a data. Na mesma época, comece a listar os convidados e também a orçar os custos com buffet, decoração, música e todos os outros detalhes que o evento pode exigir. Um deles é a roupa que será utilizada no casamento. O vestido de noiva, por exemplo, costuma ser um item caro e que exige diversas provas até que se chegue ao modelo desejado. Por isso, inicie a procura quando faltar entre nove e dez meses para o dia.

Que tal aproveitar ainda para planejar a lua de mel? Conforme se aproxima o dia do casamento, a sua preocupação com os preparativos vai ser maior. Além disso, a compra de passagens aéreas e as reservas e hotéis costumam ser mais caras quando realizadas em cima da hora.

Decida se você vai ter damas de honra. Foto: iStock, Getty Images

Decida se você vai ter damas de honra. Foto: iStock, Getty Images

Quando faltarem seis meses para o casamento, é hora de definições: finalize a lista de convidados, convide padrinhos, madrinhas e damas de honra, defina o cardápio e decoração, encomende os convites, conclua a contratação dos profissionais, escolha o bolo e monte uma lista de presentes. Os detalhes não são poucos, por isso a antecipação ajuda a manter tudo sob controle e também a ter uma margem de tempo para trabalhar com imprevistos.

Dicas para tornar o casamento mais barato

Evite datas mais procuradas, como os meses de maio e dezembro. Dias da semana e domingo também são mais baratos. Casar fora da alta temporada também barateia a lua de mel

– Realize a cerimônia e festa no mesmo local, de preferência que conte com buffet próprio

– Ao escolher o salão para recepção, avalie o custo do aluguel e o quanto será necessário investir em decoração. Um aluguel menor pode resultar em gastos a mais em outras áreas

– Pesquise tudo e faça vários orçamentos. O mesmo item pode ter custos diferentes em uma loja e outra

– Ao entregar os convites, destaque a importância de confirmar presença até a data definida. Isso evita que você pague por refeições que não serão consumidas.

Cartões de crédito com benefícios

Controlar o dinheiro que você vai gastar no casamento é fundamental. Que tal contar com a facilidade dos cartões de crédito? Além de toda a segurança, a Vivo, em parceria com o Itaú e o Santander, oferece cartões com uma série de vantagens. Com eles, você pode ganhar mais minutos para falar, mais dados para o acesso à internet, descontos no cinema e muito mais.

> Cartões de crédito Vivo: Conheça as vantagens
Casal melhora as finanças pessoais
parcelar festa de casamento
Casamento em apartamento
Casal decide entre fazer festa de casamento ou viajar
Aprendendo como economizar no jantar de casamento
prendendo como economizar na festa de noivado