Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Piquenique: uma tradição que se renova e ganha espaços inusitados

A- A+

Quem nunca participou de um piquenique? Uma tradição antiga está sendo reinventada e ganhando novos formatos e lugares, sempre mantendo o principal: pessoas reunidas em torno de comidinhas gostosas. Descubra como essa pode ser uma oportunidade perfeita para se aproximar da família e viver momentos divertidos e saborosos sem gastar muito.

O piquenique está sendo reinventado e ganhando novos formatos e lugares.

Se o tempo não estiver favorável, o piquenique pode ser feito em um lugar coberto. Foto: iStock, Getty Images

As origens do piquenique tradicional

Um bom piquenique pode até não ter a toalha quadriculada e a cestinha, como é comum ver na tela do cinema, mas precisa ter pessoas queridas e comida do gosto de quem participa. Parques e praças eram e ainda são os locais preferidos, e até a praia, mesmo com a areia podendo atrapalhar. E isso é no mundo todo: São Paulo, Paris, Londres, Nova Iorque. Não importa.

A origem é antiga, baseada no contato com a natureza. O nome viria da França (pique-nique) e depois o inglês transformou em picnic. Até as artes registram inúmeras cenas de piquenique, como o clássico quadro Le Déjeuner sur l’herbe, do pintor Edouard Manet.

Le Dejeuner sur l’herbe retrata piquenique

Obra Le Déjeuner sur l’herbe, de Edouard Manet, é um clássico sobre piqueniques. Foto: Reprodução

Piquenique para todos os públicos

Caro ou barato? Depende do gosto do freguês. Dá pra fazer um piquenique para quatro pessoas com R$ 25,00 se você incluir pãezinhos, queijo, presunto, manteiga e iogurte. Agora, se você quiser adicionar um vinho ou uma espumante, petiscos e salame, o programa vai ficando mais salgado para o bolso.

O piquenique pode ser infantil, etílico e até cultural. Tem para todos os gostos, idades e climas, faça chuva ou faça sol. Não está restrito a parques. Atividades aliando piqueniques e museus acontecem em todo o país, com exemplos em cidades como Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Alguns acrescentam oficinas de arte ou história.

Há também iniciativas coletivas associadas a festivais de food trucks, que permitem que aqueles que não levaram muitas coisas ou querem experimentar sabores diferentes complementem na hora o seu piquenique.

Outra possibilidade é o pronto para levar. Ou para ficar, no caso. Há uma vinícola na Serra Gaúcha que oferece o serviço por R$ 55,00.

Você vai se interessar por:

Inhotim é destino para quem se interessa por arte e natureza

Confira dicas de passeio para viajar com a família sem gastar muito

Viagem cultural: conheça destinos para ficar em contato com a arte

Existem ainda as serenatas, piqueniques noturnos que reúnem diversas pessoas com o objetivo de ocupar espaços como parques e praças à noite. A ideia é evitar o abandono e a sensação de insegurança e ao mesmo tempo dar movimento ao local e promover integração. As pessoas levam velas (nesse caso, cuidado com o fogo) e violão, além do que vão consumir.

Mas essas não são as únicas opções. Existem empresas em cidades como em Belo Horizonte e Rio de Janeiro que realizam casamentos e festas de crianças com o tema piquenique. E não precisa ser totalmente ao ar livre. Se o tempo não estiver favorável, o cenário pode ser montado em um local parte aberto, parte coberto, mantendo os elementos principais.

Piquenique em festa infantil

Ambiente pode ser adaptado para uma festa infantil com o tema piquenique. Foto: Shutterstock

Dicas para seu piquenique

Tradicional, mas super na moda, o piquenique continua sendo badalado. Confira a seguir alguns cuidados importantes para que tudo saia perfeito.

– Escolha um lugar adequado

– Se for sob o sol, não esqueça do protetor solar

– Frutas são muito bem-vindas

– Não leve embalagens difíceis de abrir

– Se levar talheres descartáveis, recolha junto com o lixo depois, ou leve um recipiente para guardar o que sujou.

 

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria