Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Perdi meu cartão do banco: o que devo fazer?

A- A+

Você analisa o cardápio, escolhe o que vai comer, faz o pedido e dirige-se ao caixa para pagar. Mas, quando abre a carteira, percebe que algo está errado: “Perdi meu cartão do banco!”. Nesse momento, é preciso agir rápido para evitar fraudes. Entenda, neste artigo, o que fazer para prevenir problemas.

Homem diz: Perdi meu cartão do banco

Comunicar o extravio por telefone é uma das dicas para bloquear o cartão. Foto: iStock, Getty Images

Perdi meu cartão do banco. E agora?

A recomendação das instituições financeiras é comunicar a perda, roubo ou extravio do cartão de crédito ou débito imediatamente após o ocorrido, ou tão logo você perceber. Dessa maneira, você evita que ele seja utilizado indevidamente por terceiros, gerando transtornos para você, para o banco e para a administradora do cartão.

A maneira mais rápida de fazer isso é ligar para o banco. Os serviços de atendimento telefônico das instituições financeiras geralmente possuem um número 0800 por meio do qual é possível informar o que aconteceu de qualquer lugar do país.

Essa comunicação é considerada uma prioridade, por isso é colocada como opção logo no início da ligação. Dessa forma, agiliza-se o processo e você não precisa entrar em diferentes menus para bloquear ou cancelar o cartão.

Além disso, alguns bancos permitem realizar o processo diretamente pelo internet banking. Basta fazer o login normalmente no site da instituição financeira da qual você é cliente e clicar na opção Comunicar perda ou roubo do cartão.

Para quem está no exterior, fica um pouco mais complicado. A Visa recomenda entrar em contato diretamente com o Visa Global Customer Assistance Services (GCAS) por meio dos telefones disponibilizados, enquanto a MasterCard orienta seus clientes a utilizarem o MasterCard Global Service, por meio dos números informados, que variam conforme o país e o continente em que você estiver.

Garantias previnem problemas no futuro

Para se cercar de garantias, é recomendável anotar o nome da pessoa com quem você conversou ao telefone, assim como o número de protocolo do atendimento, a data e o horário. Agindo dessa maneira, você se arma de recursos para prevenir possíveis problemas ocasionados pelo uso do cartão por terceiros.

Depois de solicitar o bloqueio ou o cancelamento dos cartões, você deve registrar ocorrência policial e encaminhar cópias dos documentos para o banco emissor, a administradora do cartão e, se houver necessidade,a os serviços de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Essa também é uma estratégia de garantia dos seus direitos, e permite que você receba indenizações da instituição financeira, caso haja compras em seu nome realizadas após a comunicação e o envio dos documentos.

Você vai se interessar por:

Reduzindo os riscos de fraudes com o cartão do banco

Abaixo, listamos atitudes simples para evitar o extravio do seu cartão e reduzir os riscos de que ele seja utilizado de forma indevida. Confira:

Jamais empreste o seu cartão do banco

O cartão é pessoal e intransferível. Ao emprestá-lo para terceiros, você perde o controle sobre as operações e se coloca em uma posição vulnerável.

Não anote a senha

Se você mantém um papel com a senha do seu cartão anotada dentro da carteira, é alto o risco de que ele seja utilizado por terceiros em caso de roubo ou perda.

Evite senhas óbvias

Datas de aniversários e sequências numérias são óbvias demais, e devem ser evitadas.

 

Você já sabe como agir em caso de perda do cartão do banco, mas vamos torcer para que isso nunca aconteça, não é mesmo? Lembre-se: toda a prevenção vale a pena quando falamos do nosso próprio dinheiro.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito