Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Perdeu a restituição do IRPF? Veja o que fazer

A- A+

Não é lá a informação mais comum de se ouvir em período de declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), mas você sabia que existe um prazo para retirar os valores devidos pelo governo na restituição do IRPF? Sim, e saiba também que algumas pessoas não buscam o crédito a que têm direito.

Se o contribuinte em sua declaração anual do imposto não informou em qual conta corrente gostaria de receber a restituição, ela é disponibilizada para saque no banco escolhido pelo cidadão. O valor da restituição do Imposto de Renda fica disponível para resgate na rede bancária por até um ano. Se o dinheiro não for resgatado nesse período, ainda não é de um todo perdido, mas há toda uma burocracia para recuperar a verba.

intimado

Sites podem ajudar a resolver problema com restituição. Foto: Agência Brasil

O que fazer para acessar a restituição do IRPF

Findo o prazo estabelecido pelo governo para o saque, a restituição do IRPF é devolvida para a Receita Federal e poderá ser requisitada pelo contribuinte no prazo de cinco anos, contados da data em que a restituição foi encaminhada para o banco. O pagamento da restituição devolvida para a Receita deverá ser requerido por meio do formulário eletrônico Pedido de Pagamento de Restituição, que está disponível em dois locais:

1) na página da Receita Federal, serviço Restituição e Compensação, item Restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física – IRPF, opção Consulta Restituição e Situação da Declaração IRPF;

2) no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), serviço Restituição e Compensação, item Restituição do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF, opção Extrato do Processamento da DIRPF.

Após o novo pedido de restituição do IRPF, o valor será devolvido pela Receita Federal exclusivamente mediante crédito em conta corrente bancária ou de poupança em que o titular da conta seja o declarante.

Início da devolução

Para quem preencheu o número da conta que deseja receber a restituição e para os atentos ao crédito no banco, a Receita Federal inicia em 2015 a liberação dos lotes de restituição no dia 15 de junho. Ao todo serão sete lotes até o final do ano.

Pessoas com mais de 65 anos têm prioridade na devolução, seguidas dos contribuintes que entregaram a declaração com maior antecedência. Em 2014, cerca de 27 milhões de brasileiros entregaram a declaração do IR à Receita.

O valor devolvido pelo governo é corrigido pela taxa Selic a partir de 1º de maio de 2015 até a data da liberação.

Vivo Alerta CPF

Imagine um serviço que te alerta cada vez que houver consultas ou movimentações em seu CPF? Entre as funções do Vivo Alerta CPF está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, também toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nas bases de dados da Serasa e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas anti-fraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas de perda da restituição do IRPF? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças